quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

O desafio da mudança


É natural do ser humano resistir diante das mudanças. Mudar significa se aventurar diante do novo, do desconhecido, e inconscientemente a escolha é permanecer nos padrões já estabelecidos, compreendidos como "seguros". Mesmo os animais selvagens relutam em abandonar seus territórios, eles só o fazem diante de situações extremas.

Assim também agimos nós, somente diante das crises e de uma insatisfação muito grande, já insuportável, decidimos em nos aventurar pelos caminhos da transformação. Não é um processo fácil, mas o autoconhecimento e a espiritualidade exigem de nós a disposição para dar o primeiro de muitos outros passos, em direção à mudança.

Há aqueles para quem os desafios de crescer são bem-vindos, e prontamente mergulham em uma nova etapa. Outros entram devargarinho, sentindo com os pés o caminho, para então mergulharem em novas e comoventes experiências do vir-a-ser. Mas há também os que resistem, pois cada um tem seu tempo de despertar, e devemos ter o respeito ao ritmo e vontade de cada um.

É a mais linda das jornadas, a mais comovente, a viagem de todos nós pelos meandros de nossa alma inquieta, em direção ao despertar, ao mais profundo e verdadeiro de nós mesmos. É este caminho que dá sentido as nossas vidas, que torna válida todas as nossas lágrimas derramadas, que nos traz a surpresa a beleza de um novo dia.

Se eu puder lhe dizer alguma coisa, eu digo mexa-se! É verdade que teremos que enfrentar o medo, e mesmo a dor, mas a recompensa é uma vida plena e cheia de profundo significado e valor! E posso lhe afirmar que ninguém está sozinho, o caminho acontece, as pessoas a nos ajudar aparecem, quase que de forma mágica a nossa frente, basta querer e se por a caminho. Então, o que está esperando?
Related Posts with Thumbnails