sábado, 27 de março de 2010

Palavras de Chico Xavier



“Partirei desta vida sem um níquel sequer... Tudo que veio a mim, em matéria de dinheiro, simplesmente passou por minhas mãos. Graças a Deus, a minha aposentadoria dá para os meus remédios... Roupas?! Os amigos, quando acham que eu estou mal vestido, me doam... Sapatos, eu custo a gastar um par... Em casa, a nossa comida é simples... Não tenho conta bancária, talão de cheques, nenhuma propriedade em meu nome, a não ser esta casa que eu já passei em cartório para outros, tenho apenas o usufruto... Nunca tive carros, nem mesmo uma carroça... De modo que, neste sentido, nada vai me pesar na consciência. Fiz o que pude pelos meus familiares, e não fiz mais, é porque mais eu não podia fazer... Nunca contei o dinheiro que trazia no bolso, mesmo aquele que alguns amigos generosos colocavam no meu paletó...”

Chico Xavier, enviado por Elisângela

quarta-feira, 17 de março de 2010

Rolando Toro, criador da Biodanza - Mensagem 2 dias antes de sua passagem

Carta enviada aos organizadores do evento em Fortaleza, dois dias antes de sua passagem:

Amados amigos de Biodanza,


Con mucha nostalgia y ternura me dirijo a ustedes, por quienes siento Ia más alta consideración profesional y humana.


Llegará en el futuro Ia oportunidad de verlos y abrazarlos personalmente.


Les estoy enviando un mensaje de admiración y cariño junto con Ia gran esperanza de que sigan sembrando Ias semillas de humanidad que nuestro mundo tanto necesita.


La Biodanza en Fortaleza tiene una larga historia de inteligencia y amor.


Nuestra Ruth y Cesar, así como mis otros amigos maravillosos permanecen en mi corazón.


Les envio un texto reciente sobre Ia misión del profesor de Biodanza y su papel en el mundo.


La acción redentora que ustedes realizan se expande actualmente con dimensión mundial.


Nuestra tarea no es simplemente ejercer una profesión sino realizar Ia misi de óninducir un cambio interior de respeto y profunda solidaridad humana.



EL PROFESOR DE BIODANZA



La formación del Profesor de Biodanza consiste esencialmente en descubrir una misión, Transmitir el estado de gracia, mostrar nuevos caminos para eiercer el amor v despertar Ia conciencia iluminada.


Frecuentemente las personas Ilevan una identidad equivocada. Reducen su existencia a Ias exigencias de un ambiente empobrecido cuando no toxico.


Si los Hombres se sienten insignificantes, sus acciones son insignificantes.


La autoimagen de inferioridad crea monstruos, Muchas personas no saben que Ilevan dentro una divinidad.


La naturaleza esencial de Io humano es Ia eterna celebración de Ia vida. Esta condición le revela una visión iluminada sobre si mismo y sobre el mundo.


La iluminación interior no es un privilegio personal. Estar iluminado para si mismo no basta. Nuestra luz es para iluminar a los que permanecen en Ia oscuridad, para poderlos ver en su esencia y transmitirles Ia luz.


Vivir, es una oportunidad muy especial, Ia oportunidad de percibir "Io humano eterno" y sentir en el cuerpo el placer de Ia sacralidad de Ia vida.


Hay en nosotros algo más grande y maravilloso de Io que pensamos o hacemos.


Si no conectamos con ese fondo eterno sintiendo que somos pobres mortales Ilenos de dificultades nuestra vida se torna insignificante.


Adquirir esa conexión con el esplendor de Ia vida es esencial. En realidad Ia iluminación, de Ia que se habla frecuentemente como un fenômeno excepcional lleno de connotaciones místicas misteriosas y ocasionales, es una condición natural de todos los seres humanos.

Se trata de un cambio de visión de nosotros mismos y del significado de Ia vida. Es un nuevo modo de vincularse a los otros y enfrentar Ias dificultades como parte de nuestro trabajo alquímico, aceptando Ia abundância y Ia belleza que genera el amor.


Somos mucho más que Io que generalmente pensamos. Somos criaturas cósmicas capaces de amar y crear belleza.


Si no asumimos grandeza nos transformamos en asesinos, y nuestra vida se torna insignificante.

Para mi alegria el pueblo de Biodanza de Fortaleza, Ileva adelante Ia tarea más alta que puede abarcar nuestra existencia: Devolver al mundo Ia sacralidad de Ia vida.



Rolando Toro
Santiago de Chile, 14/02/2010
enviado por Neusa Ribacionka

sexta-feira, 12 de março de 2010

Cura e transcendência

Quando relaxamamos profundamente e entramos em um estado meditativo, seja em uma prática espiritual, meditação, trabalho terapêutico de cura, mantras, etc.; nosso cérebro passa a funcionar na frequência de 8 Hz (ondas Alfa), e este é um estado onde é possível a cura do corpo físico, de estados emocionais e padrões mentais que carregamos. Podemos dizer que houve uma expansão de nossa consciência.

Neste momento estamos mais abertos e prontos para dissolver nossos bloqueios, dores e traumas. Memórias antigas podem vir à tona para serem trabalhadas, e é como se soltássemos as amarras de nosso ser que nos seguram aos estados criativos e repetitivos da doença e aos comportamentos negativos. Por isso, após uma sessão de cura, ou outro trabalho meditativo, nos sentimos profundamente bem, serenos e emocionalmente recompensados.

O que aconteceu é que entramos em um estado de transcendência, o que quer dizer que saímos do padrão comum de nossa vida para entrar em uma nova dimensão de nosso ser, uma dimensão muito maior, mais profunda e verdadeira de nós mesmos.

A nova visão da realidade que temos a partir daí é transformadora. Não quer dizer que deixaremos de viver no mundo físico, mas apenas nosso olhar e compreensão se abre para dimensões muito mais amplas da vida.

Já não precisamos mais sofrer por coisas absolutamente sem importância. Podemos compreender a vida sem estarmos tão presos às dimensões espaço/tempo. Podemos encontrar serenidade e bom-humor para lidar com nossos desafios diários. A vida muda, por que nós mudamos a forma com que víamos o mundo. A vida fica muito melhor e cheia de nossa presença.

Mas a tendência é sempre retornarmos aos padrões antigos, afinal fazem parte de nossa vida há muito tempo. Através de práticas e trabalhos terapêuticos podemos cada vez reforçar mais estes estados de amplitude da alma, e isto é crescimento espiritual, é reconhecer esta dimensão de nosso ser e perceber o quanto ela é poderosa e verdadeira.

Somos seres que vivemos aqui na Terra em diversas dimensões sobrepostas. A dimensão física, palpável, é a que facilmente reconhecemos, enquanto esquecemos de nossas dimensões mais sutis. Mas esta dimensão física é por demais limitada e temporariamente curta; quando temos a oportunidade de mergulhar em dimensões ilimitadas e eternas, e temos certeza que este é o caminho de volta à nossa verdadeira casa, houve um momento de iluminação. Uma vez acesa esta chama, ela não mais se apagará, mas nos levará em segurança ao despertar completo de nosso ser.

E quando por fim integrarmos a transcendência e a espiritualidade em nossa vida diária, bom, então entraremos no Reino dos Céus aqui na Terra mesmo; viveremos em paz, e transbordaremos nossa luz, nosso amor e nossa alegria no mundo. Quando a humanidade inteira entrar neste despertar será um novo tempo de uma nova ordem sobre o planeta. Quem viver, verá.
por Ana Liliam
Related Posts with Thumbnails