domingo, 6 de fevereiro de 2011

03 de fevereiro de 2011 - Ano Novo Chinês

O ano novo Chinês, Ano Novo Lunar, ou Festival da Primavera é o mais importante dos feriados chineses.

Equivocadamente é conhecido como “o Ano Novo Lunar”, porque - como parte do calendário chinês lunisolar - a data é parcialmente determinada baseada nos ciclos da lua.

O Festival tradicionalmente começa no primeiro dia do primeiro mês (Chinês 正月; pinyin: zhēng yuè) do calendário Chinês e termina com o Festival da Lanterna que é no 15º. dia.

A noite do ano novo chinês, momento em que as famílias chinesas se juntam para a sua reunião anual, é conhecido como chú xī (除夕). Literalmente quer dizer “Noite do passa-ano”.

O Ano Novo chinês é o mais longo e mais importante do Calendário Lunar Chinês.

A origem do Ano Novo chinês existe a séculos e ganha significado por diversos mitos e tradições. Antigamente o ano novo chinês era um reflexo de como as pessoas se comportavam e no que elas mais acreditavam.

No calendário chinês, o solstício de inverno deve ocorrer no 11º. Mês, o que quer dizer que o Ano Novo Chinês geralmente cai na segunda lua nova após o solstício de inverno.

Cada ano novo chinês é regido por um animal do zodíaco e seu ramo terrestre. Conjuntamente com o ciclo de 12 anos dos animais do zodíaco há um ciclo de 10 anos de troncos celestes. Cada um dos dez troncos celestes esta associado com um dos cinco elementos da astrologia chinesa: madeira, fogo, terra, metal e água. Os elementos variam a cada dois anos enquanto uma associação yin e yang alterna-se todo ano. Então os elementos se distinguem: Madeira Yang, Madeira Yin, Fogo Yang, Fogo Yin, etc. Isto produz um ciclo combinado que se repete a cada 60 anos.

Neste ano de 2011, o ano novo chinês tem inicio no dia 03 de Fevereiro, seu animal regente é o Coelho de Metal.

De acordo a tradição chinesa, o Coelho traz um ano no qual você pode respirar e acalmar os seus nervos. É um momento de negociação. Não tente forçar assuntos, porque se o fizer irá fracassar. Para ganhar os maiores benefícios neste momento, se concentre em casa, família, segurança, diplomacia, e em relações com mulheres e crianças. Torne seu objetivo criar uma vida segura e pacifica para que assim você possa lidar com calma com qualquer problema que apareça.

Chang´e e o Coelho de Jade

O Coelho representa a esperança para a cultura chinesa há muito tempo. Ele é terno e amoroso.

A deusa da lua na Mitologia Chinesa, Chang´e, tinha um coelho como seu mascote, o que nos faz crer que o coelho era o único animal amável o suficiente para estar ao lado de sua nobre beleza.

Chang´e, Ch´ang-O ou Chang-Ngo (Chinês: 嫦娥; pinyin: Cháng'é) é a Deusa chinesa da Lua, ela vive na lua, e é conhecida como “a mulher da lua”.

De acordo a lenda, Chang´e e seu marido Houyi eram imortais que viviam no paraíso. Um dia os 10 filhos do Imperador de Jade se transformaram em 10 Sóis, e fizeram com que a terra se queimasse.

O Imperador de Jade chamou Houyi para ajudá-lo com sua maravilhosa habilidade no arco e flecha. Houyi atirou e matou 9 dos 10 filhos do Imperador que obviamente não ficou contente com isto e então puniu Houyi e Chang´e, fazendo-os viver como meros mortais na terra. Vendo que Chang´e estava profundamente infeliz com a perda da sua imortalidade, Houyi decidiu ir buscar a pílula da imortalidade para que pudessem voltar a serem imortais.

A Rainha Mãe do Oeste deu a Houyi a pílula da imortalidade e lhe avisou que para se tornar um imortal era necessário tomar apenas metade da pílula. Ele levou a pílula de volta para casa e a guardou em uma caixa. Ele avisou Chang´e para não abrir a caixa até que ele voltasse de sua viagem. Mas, Chang´e se tornou muito curiosa e abriu a caixa onde estava guardada a pílula justamente no momento em que Houyi estava chegando em casa. Nervosa e com medo que ele a descobrisse Chang´e engoliu a pílula inteira. Ela começou a flutuar no céu pela sua overdose. Houyi não conseguiu pará-la e então Chang´e continuou a flutuar até que aterrisou na lua. Embora sem seu marido Chang´e tinha a companhia de um Coelho de Jade que morava na lua junto com ela.
Na mitologia Chinesa o Coelho de Jade vive lá e fabrica ervas medicinais. Este coelho também é mencionado no romance Jornada ao Oeste.

O caractere chinês para ‘Tu’ (coelho) é parte de ‘Yi’ (libertação ou lazer) indicando velocidade e distancia.

O povo Han tem o costume de acreditar que a mulher grávida não pode comer carne de coelho por medo da criança nascer com lábio leporino. Ao recém nascido lhe é dado pinturas de crianças e coelhos representando uma vida futura pacífica e feliz.

enviado por Ester

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails