domingo, 11 de setembro de 2011

O encontro do amor, do livro Missão Terra



... Olhavam-se nos olhos, encantados um com o outro. Não tinham vontade de se despedir, e não precisavam de palavras para dizer que se sentiam estranhamente ligados um ao outro. Como se conhecessem há muito tempo.

Por fim Larissa aproximou-se para abraçá-lo. Levantou-se nos pés para o feito, e beijou-lhe uma das faces ternamente. Era uma pena ter que soltá-la de seus braços, pensou Léo.

Mas a noite corria, e com acenos e abraços despediram-se de todos e partiram. Naquela noite Larissa dormiu com a blusa que fora ao encontro, e que trazia a lembrança de Léo ao seu lado. Abraçou-se a si mesma, enlevada do sentimento que sentia, como se o céu naquela noite houvesse descido ao seu encontro. Estava no paraíso.

Léo deitou-se na cama olhando a janela aberta que trazia ao seu encontro as estrelas do céu. Suspirou fundo, então era isto o amor, o que sentia por Larissa! Bem dito seja o amor, a ternura, o desejo que incendeia o corpo e o sexo. Uma vontade inexplicável de estar no outro, de ser um só, de acalentar este sentimento por toda a eternidade, de fazer o instante infinito.

Será que ela sentia o mesmo? Seus olhos diziam que sim, suas mãos diziam que sim, mas é tão delicado falar do amor, porque este é tão frágil e precioso, que as palavras não podem lhe traduzir o sentido. É melhor senti-lo, é melhor vivê-lo, mesmo que ele nos tire o sono, nos embriague o pensamento e entorpeça o corpo de desejos...

Ah! O amor! Lembrou Léo as palavras do poeta: “Não amar é sofrer, amar é sofrer mais...” Antes o amor, que o deserto árido dos que não sabem amar! Lembrou dos vaticínios de Vivarta e do vidente, o amor enfim se revelava a ele, e aonde o levaria? A que píncaros, a que montanhas perto do céu, a que abismos da alma...

Entre a paixão enlouquecida dos jovens e o amor sereno e sábio dos velhos, quantos matizes, quantos caminhos a percorrer em nome do amor. E ele não viera aqui para amar, para se apaixonar perdidamente, e agora estava feito, Léo encontrara o amor.

do livro Missão Terra, http://venturaanalivro1.blogspot.com/2010/07/20-lua-cheia.html

2 comentários:

Scarell disse...

Adorei Blog, maravilhoso conteúdo. Voltarei mais vezes.

www.vibrealma.blogspot.com

Alessandra Scarelli

Ana Liliam disse...

Olá Alessandra! obrigada pelo comentário, volte sempre!
Ana Liliam

Related Posts with Thumbnails