domingo, 27 de novembro de 2011

O sonho de um dia encontrar o mar, em busca do eu superior

Onde tudo começou? Quem saberia dizer? Pois o fio do destino já vem sendo trançado há muito tempo, talvez quando embarcamos em nossa trajetória terrestre, há milhares de anos atrás...

Mas existe um tempo de despertar, um tempo de começar a juntar as peças de um enorme quebra-cabeça, o de nossas vidas, de nossos relacionamentos. Um tempo de encontrar o sentido de nossa existência, a razão de estarmos aqui e vivermos tudo o que vivemos.

Um tempo de lançar luz sobre nosso presente e passado, e fazer do nosso futuro uma construção consciente e responsável, na qual já não somos agentes passivos, mas sim, ativos na realização de nosso destino.

...
Você já viu o mar? Já mergulhou em suas ondas, brincou na areia com a espuma do mar? Já se deliciou com o seu som, ou andou à tarde com suas águas a molhar seus tornozelos?

Imagine que você é do interior e nunca teve esta experiência em sua vida, e seu amigo vem falar-lhe do mar que está, talvez, a milhares de quilômetros de onde você se encontra. Seria um sonho impossível encontrar o mar? O que é impossível à vontade do homem?

Também podemos saber intelectualmente sobre este misterioso Eu, como podemos folhear as revistas de turismo com lindas fotos do mar. Mas não basta, é preciso banhar-se nele! Viver em sua totalidade esta experiência, assim como é preciso viver integralmente esse encontro interior. Encontro possível a toda a humanidade, mais do que isto, este encontro é nosso destino! Pois os rios de nossas dúvidas e apreensões correm em direção ao vasto oceano interior de nosso Ser.

Podemos sonhar com este mar. Idealizar a viagem deste encontro. Programar as mudanças necessárias em nossas vidas para partir em busca de nossa mais profunda aspiração. Levaremos o tempo que for necessário para chegar lá. Levaremos na bagagem a fé e a perseverança, e estaremos dispostos a mudar em tudo que a vida nos pedir.

Nosso primeiro passo está dado: a vontade firme e sincera.

do livro De Volta à Casa do Pai, Ana Liliam

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails