domingo, 26 de agosto de 2012

AMAZING GRACE- A própria canção se faz esplendorosa, uma graça divina.


Todo mundo, ou quase todo mundo já ouviu, pelo menos uma vez, a canção
Amazing Grace (algo como Surpreendente Graça), que é uma música
tradicional britânica. O que a maioria não sabe (eu não sabia) é que
essa canção foi composta por um cidadão britânico de nome Johnn
Newton, no século dezoito, depois de uma conversão religiosa.

Ele havia começado uma carreira na Marinha Real, mas abandonou aquilo
para tornar-se traficante de escravos. Conta-se que, em uma de suas
viagens, seu navio foi atingido em mar alto por uma tempestade.
Newton, então, deu-se conta de que só a Graça Divina o salvaria e orou
fervorosamente a Deus.

A graça aconteceu: ele conseguiu escapar são e salvo com o seu navio.
Movido por aquilo, Johnn começou a ler o clássico cristão Imitação de
Cristo, de Thomas Kempis, e ainda tocado pela Luz que o havia
despertado interiormente, mudou a sua vida, libertou todos os escravos
que venderia e passou a ser um lutador anti-escravagista. Compôs,
então, a canção Amazing Grace, como agradecimento e um testemunho do
que havia se passado com ele, em seu encontro com
Deus.

É esta canção que você ouve (e vê) no vídeo anexo, que mostra uma
apresentação da mesma pelos meninos do incrível grupo vocal Il Divo,
interpretando essa canção emocionante em pleno Coliseu, em Roma, onde,
no passado, tantas pessoas perseguidas, maltratadas e escravizadas
(inclusive cristãos), encontraram um fim trágico e cruel.

Conhecendo a história, podemos apreciar ainda mais Amazing Grace e a
sua interpretação única dos talentosos Il Divo... e ver como uma
admirável graça pode estar nos procurando sem que a percebamos, sem
que nos abramos sinceramente a ela, sejamos cristãos ou não.

enviado por Leise

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails