domingo, 24 de junho de 2012

TROCA DE BÊNÇÃOS


18 de Junho de 2012. 
Mensagem do Arcanjo Uriel, canalizada por Jennifer Hoffman

Cada interação é uma troca de bênçãos, do seu relacionamento com a Terra e com cada pessoa com que se conectam. Embora haja uma série de conexões disponíveis a vocês, de acordo com o crescimento de sua alma, promessas de cura, os contratos de alma e os compromissos de cura, há uma mudança nestas conexões em cada novo nível de compreensão que vocês alcançam e fazem isto ao reconhecerem a troca de bênçãos em cada situação. Vocês são abençoados por todos e por tudo e também dão bênçãos a todos e a tudo. Estas podem não ser o que vocês consideram como bênçãos, mas elas são. Uma bênção é qualquer troca de energia, sem julgamento quanto ao que é ou não é uma bênção, ou como ela é recebida ou rejeitada.

As bênçãos incluem todos os aspectos da aprendizagem, desde aqueles que vocês se sentem abençoados, como aqueles que acham dolorosos e desafiadores. Para que recebam todas as bênçãos em cada situação, vejam-se tanto quanto aluno como mestre, dando e recebendo. 

Quando dão, vocês compartilham a sua energia e abrem a outra pessoa para o potencial de sua própria luz. Vocês recebem através do aprendizado e da cura que experienciam nestas conexões. Não é importante se vocês são rejeitados: peçam para que lhes sejam mostradas as bênçãos que recebem. Algumas vezes outros não estão dispostos a receber as bênçãos de seu dom, mas isto faz parte do trabalho de cura deles. O aspecto mais importante é como vocês são abençoados.

Quando dão aos outros, vocês abrem uma conexão energética para eles. Se a sua intenção é curá-los, ajudá-los ou mudá-los, o caminho para as bênçãos é muito limitado. Estão dispostos a abrir o espaço do seu coração sem expectativas? Às vezes uma bênção vem na forma de uma forte rejeição, uma negação de sua luz e uma incapacidade de se conectarem com vocês energeticamente. Isto só mostra que a outra pessoa não está onde vocês pensavam que ela estava, mas no próprio caminho dela. Isto os abençoa com o encerramento, sabendo que esta conexão não pode continuar neste momento.

Outras bênçãos podem incluir a aceitação e uma jornada compartilhada que os abençoa com amor, alegria, paz e conexão. Aceitem isto com gratidão no momento, não temam que isto termine. O desejo humano pela permanência limita a sua habilidade de apreciar as bênçãos. Cada situação existe para abençoá-los com o aprendizado, a cura, o crescimento e a transformação. Vejam tudo na luz daqueles aspectos e reconhecerão cada bênção na plenitude de sua aprendizagem e divindade. Todas as coisas existem para abençoá-los em seu caminho, enquanto se movem da cura para a integridade, das limitações do medo para a expansão da luz, da jornada da ascensão para o cumprimento de seu aparecimento como um ser humano espiritual e divino.


Tradução: Regina Drumond –reginamadrumond@yahoo.com.br
enviado por Francisco Ulisses

sexta-feira, 22 de junho de 2012

MULHERES CURADORAS


Imagem inline 1
  


Erveiras, raizeiras, benzedeiras, mulheres sábias que por muito tempo andaram sumidas, ou até mesmo escondidas. Hoje retornam com um diploma de pós-graduação nas mãos e um sorriso maroto nos lábios.

Seu saber mudou de nome. Chamam de terapia alternativa, medicina vibracional, fitoterapia, práticas complementares...são reconhecidas e respeitadas, tem seus consultórios e fazem palestras.

As mulheres curadoras fazem parte de um antigo arquétipo da humanidade.

Em todas as lendas e mitos, quando há alguém doente ou com dores, sempre aparece uma mulher idosa para oferecer um chazinho, fazer uma compressa, dar um conselho sábio.

Na verdade, a mulher idosa é um arquétipo da ‘curadora’, também chamada nos mitos de Grande Mãe. Não tem nada a ver com a idade cronológica, porque esse é um arquétipo comum a todas as mulheres que sentem o chamado para a criatividade, que se interessam por novos conhecimentos e estão sempre a procura de mais crescimento interno. Sua sabedoria é saber que somos “obras em andamento’, apesar do cansaço, dos tombos, das perdas que sofremos... a alma dessas mulheres é mais velha que o tempo, e seu espírito é eternamente jovem.Talvez seja por isso que, como disse Clarissa Pinkola, toda mulher parece com uma árvore.

Nas camadas mais profundas de sua alma ela abriga raízes vitais que puxam a energia das profundezas para cima, para nutrir suas folhas, flores e frutos.

Ninguém compreende de onde uma mulher retira tanta força, tanta esperança, tanta vida.
Mesmo quando são cortadas, tolhidas, retalhadas, de suas raízes ainda nascem brotos que vão trazer tudo de volta à vida outra vez.

Por isso entendem as mulheres de plantas que curam, dos ciclos da lua, das estações que vão e vem ao longo da roda do sol pelo céu.

Elas tem um pacto com essa fonte sábia e misteriosa que é a natureza,. Prova disso é que sempre se encontra mulheres nos bancos das salas de aula, prontas para aprender, para recomeçar, para ampliar sua visão interior.

Elas não param de voltar a crescer...

Nunca escrevem tratados sobre o que sabem, mas como sabem coisas! Hoje os cientistas descobrem o que nossas avós já diziam: as plantas têm consciência! Elas são capazes de entender e corresponder ao ambiente à sua volta. Converse com o “dente-de-leão” para ver... comunique-se com as plantas de seu jardim, com seus vasos, com suas ervas e raízes, o segredo é sempre o amor.

Minha mãe dizia que as árvores são passagens para os mundos místicos, e que suas raízes são como antenas que dão acesso aos mundos subterrâneos. Por isso ela mantinha em nossa casa algumas árvores que tinham tratamento especial. Uma delas era chamada de “árvore protetora da família”, e era vista como fonte de cura, de força e energia. Qualquer problema, corríamos para abraçá-la e pedir proteção.

O arquétipo de ‘curadora’ faz parte da essência do feminino, mesmo que seja vivenciado por um homem. Isso está aquém dos rótulos e definições de gênero.

Faz parte de conhecimentos ancestrais que foram conservados em nosso inconsciente coletivo. Perdemos a capacidade de olhar o mundo com encantamento, mas podemos reaprender isso prestando atenção nas lendas e nos mitos que ainda falam de realidades invisíveis que nos rodeiam.

Um exemplo? Procure saber mais sobre os seres elementais que povoam os nossos jardins e as fontes de águas... fadas, gnomos, elfos, sílfides, ondinas, salamandras...
As “curadoras’ afirmam que podemos atrair seres encantados para nossos jardins!
Como? Plantando flores e plantas que atraiam abelhas e borboletas, gaiolas abertas para passarinhos e bebedouros para beija-flores.

Algumas plantas ‘convidam’ lindas borboletas para seu jardim, como milefólio, lavanda, hortelã silvestre, alecrim, tomilho, verbena, petúnia e outras.

Deixe em seu jardim uma área levemente selvagem, sem grama, os seres elementais gostam disso. Convide fadas e elfos para viverem lá.

Lembre-se: onde você colocar sua percepção e sua consciência, a energia vai atrás.

Mani Alvarez Coordenadora do curso de pós-graduação em Práticas Complementares em Saúde. Enviado por Bento http://correio-de-luz.blogspot.com/


quarta-feira, 20 de junho de 2012

SUA PALAVRA EMITIDA É PODEROSA


P’taah através de Jani King

20 de Junho de 2012.

Vocês criam tudo absolutamente.

Parte desta estrutura de crenças, vocês expressam todos os dias. Dizemos que seria conveniente que estivessem conscientes de sua verborréia. Observem o que escapa de sua língua, mesmo sem a mais leve idéia de que isto reforça as suas idéias e crenças negativas.
“Como você está hoje?” “Não tão mal”.

Observem as palavras que vocês dizem a cada dia e, quando estiverem conversando com o outro, vejam as coisas que vocês dizem sobre o dinheiro. Como reforçam a idéia de que não há o suficiente, que ele nunca está lá quando o querem, etc, etc. E então, observem que quando vocês criam a boa sorte, simplesmente a ignoram: “Foi apenas sorte.”

Aqueles que estiveram envolvidos com este assunto da Nova Era por algum tempo, estão dispostos a arcar com a responsabilidade daquilo que criaram de uma forma negativa. Vocês acham muito difícil aceitar a idéia de que criam toda a magnificência também.
E, realmente, afirmam: “Isto nada tem a ver comigo. Foi boa sorte”. Ou: “Foi tal, tal e tal”. Qualquer coisa, mas não vocês.

Se alguém os elogia pelas suas belas roupas, vocês dizem: “Oh, este trapo velho”. Ou se gostam do seu carro, vocês dizem algo como: “Oh, este velho carro! Você sabe que ele continua quebrando.”

Entendem como o fazem? Vocês não assumem a responsabilidade pela magnificência. Não permitem o fato de que são deuses e deusas participando de um jogo chamado de “A Vida Humana Agora”.

E a cada vez que expressam as palavras em voz alta, seja o que for que estejam falando, o universo os ouve. O universo os ouve. Quando falam sobre o seu corpo: “Estou muito gordo”, “Estou muito magro”, “Estou muito velho”. “Estou doente”. “Não me sinto bem”, o seu corpo os ouve. Quando expressam isto, esta é a verdade!

Prestem atenção ao que dizem. O poder de suas palavras é surpreendente. O poder de suas palavras cria a realidade. Quando dizem: “Eu quero ter isto, isto e isto”, vocês estão chegando a um espaço de desejo, de falta. “Eu preciso”, está vindo de um espaço de carência. Vocês percebem?

Agora, vamos encarar isto de outra maneira. Muitos de vocês dirão: “Bem, eu não compreendo como não estou criando o que desejo, porque a cada dia eu faço as minhas afirmações”. Bem, as suas afirmações se referem ao que vocês querem em seu futuro, não ao que existe.

Nós lhes dizemos, novamente para aqueles que ouviram muitas vezes antes, o espaço da transformação é o Agora. O espaço da mudança é Agora. Pois, enquanto vocês estão “querendo”, ou “precisando”, seja o que for que desejem, vocês colocam em seu futuro e é onde permanecerão.

Vocês somente têm o Agora. Vocês não têm nem mesmo um passado e os seus futuros são criados a partir do que pensam e acreditam Agora. Isto faz sentido a vocês? Vocês somente têm o Agora. Se estiverem desejando riqueza, observem como vocês mantêm distante a riqueza do seu dia a dia com a sua verborréia, com os seus pensamentos, com as suas crenças, com a sua atitude, com as suas ações, porque vocês estão totalmente focados na carência.

Se todos os dias entoarem uma canção de louvor e agradecerem à deus/deusa pela sua própria existência, ao universo....

“Obrigado pela grandiosa e maravilhosa abundância que eu sou. Obrigado pelo rio de dinheiro que flui através de mim. Obrigado pela abundância e riqueza que eu vejo refletida em mim, o que me mostra o quanto eu sou abundante e rico. Obrigado, obrigado.”

Vocês estão se ligando ao poder do agora, estando no ser, na energia daquilo que é a sua riqueza. O poder da sua palavra segue adiante...

“Obrigado pelo que existe Agora” Isto lhes parece poderoso?

“Obrigado pelo amor em minha vida. Obrigado pelo amor que me cerca”. Percebem?

“Obrigado pelo meu corpo perfeito. Obrigado pela minha saúde e vitalidade. Obrigado pelo milagre da vida que eu sou. Obrigado pela dádiva da vida que eu sou e o milagre e dádiva da vida que eu vejo refletidos em relação a mim. Obrigado, obrigado.” Entendem como isto é poderoso? Porque é.

Assim, meus amados, há muito a refletir, hum? Nós os amamos intensamente e nos despedimos de todos e de cada um de vocês.

Namastê.

P’taah


Traduzido por: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Enviado por Francisco Ulisses

domingo, 17 de junho de 2012

Medo do poder


 
Muitas pessoas fogem de situações em que venham a exercer poder. Trata-se, aqui, do poder no sentido de expressão pessoal, de afirmação de nossa identidade no mundo e da exposição pública de nossos talentos e capacidades.


Para muitas pessoas, assumir uma posição de destaque é algo extremamente difícil, pois esta é uma situação em que a autoconfiança se torna um elemento essencial para que o exercício do poder não degenere.


O medo do poder, ou de expor-se ao mundo, tem como causa fundamental a insegurança e pode mascarar-se sob diversas formas como, por exemplo, a timidez, a falta de ambição, a modéstia. Estes são os argumentos mais utilizados por quem não quer colocar-se plenamente no mundo por não acreditar na própria capacidade. 


Muitas vezes a insegurança surge exatamente quando o poder é conquistado. Nesse caso, a pessoa luta para alcançar o poder, mas por não confiar plenamente em si, ao assumir uma posição de destaque passa a temer perdê-la e, por isso mesmo, a ver nos demais uma ameaça àquilo que conquistou. 


Por essa razão, algumas pessoas ao assumirem posições de mando comportam-se como verdadeiros tiranos, mantendo sua posição à custa da intimidação e da ameaça. Destratam e humilham os que lhe são subordinados e perseguem quem ousa contestar qualquer atitude sua.


Outro fator também relacionado é o medo de errar. Para quem não acredita em sua capacidade, a possibilidade de cometer um erro não é apenas uma hipótese provável, mas a única que passam a considerar. E quanto maior o medo, mais rapidamente atraímos para nossa vida exatamente aquilo que tememos. 


A solução está no confronto destemido com aquilo que mais tememos, pois são as situações de confronto com nossos fantasmas e bloqueios interiores que nos levarão à libertação e ao fortalecimento de nossa autoconfiança, tornando-nos capazes de enfrentar qualquer desafio.


"Se você tem medo, você tem medo."


...O medo está lá. Aceite-o, se dê conta dele, aceite-o e não se preocupe a respeito. O que irá acontecer? Subitamente você vai sentir que ele desapareceu. E esta é a alquimia interior. Um problema desaparece se você o aceita. E um problema aumenta mais e mais em complexidade se você criar um conflito com ele.


Sim, o sofrimento está lá. E subitamente, o medo vem. Aceite-o. Ele está lá, e nada pode ser feito a respeito.E quando eu digo que nada pode ser feito a respeito, não pense que eu estou falando de pessimismo a você. Quando eu digo que nada pode ser feito a respeito eu estou lhe dando uma chave para dissolver aquilo.


O sofrimento está lá. Ele é parte da vida e parte do crescimento. Nada é mal a respeito dele. O sofrimento se torna mal apenas quando ele é simplesmente destrutivo e não é nada criativo. O sofrimento se torna mal apenas, e nada é ganho através disso. Mas eu estou dizendo a você, que o divino pode ser ganho através do sofrimento. Então ele se torna criativo. 


A escuridão é bela se a aurora vem dela rapidamente. A escuridão é perigosa se ela se torna interminável, se ela não leva a uma aurora, se ela simplesmente continua e continua. E você continua se movendo em círculos. Um círculo vicioso. E é isso que está acontecendo com você. Para escapar de um sofrimento, você cria outro. Então, para escapar do outro, outro. E isso vai indo e indo. 


E todos esses sofrimentos que você não viveu estão esperando por você. Você escapou. Mas você escapa de um sofrimento para o próximo. Porque uma mente que estava criando sofrimento, pode criar outro sofrimento. Então você pode escapar deste sofrimento para aquele. Mas o sofrimento estará lá. Porque o sofrimento é a força criativa. 


Aceite o sofrimento e o atravesse. Não escape. Isso é uma dimensão totalmente diferente para se trabalhar. O sofrimento está lá. Encontre-o. Atravesse-o. O medo esta presente. Aceite-o. Você irá tremer. Então trema. Porque criar uma fachada de que você não tem medo?" 


OSHO
enviado por Suraag

domingo, 10 de junho de 2012

COMO MEDITAR DIARIAMENTE


 
Por Leo Babauta (Zen habits)

“Há várias e várias maneiras de meditar. Mas nossa preocupação não é encontrar uma forma perfeita de meditação – é criar o hábito diário de meditar. E por isso nosso método será o mais simples possível.

1. Comprometa-se com apenas 2 minutos por dia. Comece simplesmente se você quiser que o hábito permanece. Você pode fazer por 5 minutos se você se sentir bem, mas você tem que se comprometer mesmo é com 2 minutos em cada dia.

2. Escolha uma horário e um “disparador”. Não uma hora exata no dia, mas uma momento em geral, como de manhã quando você acorda, ou durante a hora do almoço. O disparador deve ser algo que você já faz regularmente, como beber a primeira xícara de café, escovar os dentes, almoçar ou chegar em casa do trabalho.

3. Encontre um lugar quieto. Às vezes e manhã é melhor, antes que os outros na sua casa estejam acordados e fazer vários barulhos. Alguns podem encontrar um lugar em um parque ou na praia ou em algum lugar calmo. Realmente não importa onde – desde que você possa sentar sem ser incomodado por alguns minutos. Se você estiver num parque e algumas pessoas estiverem caminhando tranquilamente por perto não há problema.

4. Sente-se confortavelmente. Não se preocupe muito com como se sentar, o que vestir, em que você vai sentar, etc. Particularmente gosto de sentar numa almofada no chão, com minhas costas coladas numa parede, porque sou muito inflexível. Algumas pessoas podem sentar com as pernas cruzadas confortavelmente. Outros ainda podem sentar numa cadeira ou sofá se achar que sentar no chão é desconfortável. Praticantes Zen geralmente usam um zafu, uma almofada redonda enchida com sumaúma ou trigo. Não compre um se você ainda não tem um. Qualquer almofada ou travesseiro serve, e algumas pessoas podem sentar no chão direto confortavelmente.

5. Comece com apenas 2 minutos. Isso é realmente importante. A maioria das pessoas vão achar que podem meditar por 15 ou 30 minutos, e podem. Mas esse não é um teste de quão forte você é para permanecer em meditação – nós estamos tentando formar um hábito de longa duração. E pra fazer isso, queremos começar com apenas 2 minutos. Você vai ver que é muito mais fácil começar desse jeito, e criar um hábito com um começo pequeno como esse é um método muito mais inclinado a dar certo. Você pode expandir para 5 ou 7 minutos se você conseguir fazer por 7 dias seguidos, então 10 minutos se você puder manter por 14 dias seguidos, então 15 minutos se você manter por 21 dias seguidos, e 20 minutos para o mês inteiro.

6. Foque na sua respiração. Conforme você inspira, siga sua respiração pelo seu nariz, garganta, pulmões e barriga. Sente-se ereto, mantenha seus olhos abertos mas olhando para o chão e com um foco suave. Se quiser fechar os olhos, tudo bem. Conforme você expira, siga sua respiração de volta pro mundo. Se ajudar, conte – um inspire, dois expire, três inspire, quatro expire… quando chegar a 10, recomece. Se você se perder, recomece. Se você perceber que sua mente vai se perder (e ela vai), apenas preste atenção na sua mente se perdendo, então traga-a de gentilmente de volta para sua respiração. Repita esse processo pelos poucos minutos que você medita. Você não se sairá muito bem no início, provavelmente, mas ficará bom com a prática.

E é isso. É uma prática muito simples, mas você precisa fazer por 2 minutos, todo dia, depois de algum disparador. Faça isso por um mês e você vai ter criado um hábito de meditação diário.”

Para aprofundamento acessar:

Enviado por Leise

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Ancoragem do Raio Rosa e trânsito de Vênus



O Trânsito de Vênus é um raro evento astrológico e astronômico que esta trazendo energias transformadoras muito poderosas que estão afetando os seus corpos emocionais a um nível muito profundo. Isto está criando um aumento da tensão e uma mudança radical para transformar o apego ao mundo material e os sistemas de 3D que pareciam mantê-los seguros, protegidos e controlados. O Trânsito de Vênus é a transmissão de um portal da mais pura essência da Luz Branca Divina do feminino divino sagrado. 
Sua essência está entrando em alinhamento sagrado através dos Códigos do Raio Rosa do cálice da Mãe da Criação, recentemente ancorados e através da fonte do sol central e do centro galáctico. Estes alinhamentos e portais planetários estão recalibrando a sua frequência com a nova terra e a aliança da unidade. O Trânsito de Vênus e os Códigos do Raio Rosa continuarão a trazer ressonâncias harmônicas com Gaia e a iluminar as suas células até 2013.
Muitos de vocês podem se perceber nas mudanças e transformações de paradigma que parecem estar completamente fora de controle e de escolha. Vocês podem não se sentir seguros em sua vida, como se tivessem caído de um avião sem um pára-quedas.  Vocês não estão sendo lançados à deriva ou jogados fora sem auxilio. É que vocês não precisam mais da segurança do ninho. Vocês podem voar por conta própria e criar o seu próprio destino.
Pode parecer, às vezes, que a escuridão os está atacando. Saibam que vocês são um farol da Luz de Deus, e que estão mudando todas as velhas estruturas da consciência humana, apenas pela sua presença. São  aqueles que estão desequilibrados em suas emoções, que têm vícios e não estão operando a partir do verdadeiro e autêntico poder que estão se sentindo ameaçados. Muitos estão sendo usados por outras forças, pois eles são facilmente controlados e manipulados, em um último esforço para tentar se livrar deles, embora eles não possam, pois não têm este tipo de autoridade ou poder divino. Eles não podem prejudicá-los.
Isto pode agitar e trazer para a superfície aquelas últimas questões e emoções profundas que sentiam que estavam curadas. Muitos estão terminando a linhagem de cura e da genética familiar. Alguns de vocês estão fazendo isto para outros, para a consciência de grupo, organizações, sistemas, linhas da grade e áreas da Terra, para a humanidade, os reinos das plantas, mineral e animal. Lembrem-se de que vocês estão no local perfeito do seu destino. Sua alma está desejando estar livre de energias não qualificadas, dos contratos e acordos de alma, para que entrem plenamente nos portais que estabeleceram antes de virem à Gaia.
Sua presença tem sido solicitada na autoridade máxima da divindade e do plano divino. Vocês estão resplandecendo a luz através da escuridão. Que haja a Luz foi o seu chamado para estar aqui na Terra. Vocês são a fonte original divina da Luz, o projeto original divino. Estão preparados e livres para ser o poder divino e soberano da Criação que vocês são.
ONDE ENTRA O RAIO ROSA 
O Raio Rosa é um desígnio sagrado da Deusa Mãe, de suprema autoridade do Amor Divino, proteção, compaixão e união sagrada da Divindade para alinhá-los com os códigos cósmicos da Criação. No Raio Rosa estão os Códigos do Graal e o modelo da Shekinah Mãe Maria do sagrado coração, para que possam assimilar as frequências mais elevadas da luz, sem danos para os seus corpos. Este raio do sagrado coração da Mãe, está criando um poder divino de proteção na manifestação da rosa, para ajudá-los com a imensa limpeza e liberação da humanidade e dos reinos astrais inferiores.
O Raio Rosa, não permitido no planeta por 1000 anos ou mais, teve permitida recentemente a ressonância com Gaia e está entrando em maior autoridade divina com os eclipses e os alinhamentos planetários de 2012. Pensou-se que o Raio Rosa era também atomicamente poderoso para estar em Gaia, pois não havia quociente de luz espiritual suficiente.
Por causa de sua presença no Planeta, os Portadores da Luz, Sementes das Estrelas e o Raio Azul e o Raio Rosa do coração sagrado, serão reativados através da fonte do sol central. Isto está causando um influxo ainda maior de luz e mais stress nos reinos astrais e o Raio Rosa está aqui para lhes devolver a sua autoridade sagrada e divina do poder.
Eclipse/Trânsito de Vênus – Sintomas da Ascensão 
Instabilidade emocional: Vocês experienciam em um dia muito eufóricos por estarem conectados ao seu EU SOU e então, mais tarde, reaparecem profundas questões desencadeadas por eventos. Vocês estão vacilando entre a euforia espiritual e a profunda cura emocional.
Sem ancoragem e sentindo que estão em um sonho: Isto pode ser devido ao seu corpo de luz que está se expandindo e ao processo de recalibração do seu corpo de luz, tornando-se alinhado com o núcleo galáctico.
Sentir a sua aura ou o seu corpo de luz fluindo para trás e para frente: Isto aconteceu para muitos de vocês, quando crianças na hora de dormir. Vocês sabem que isto está em harmonia divina, pois parece muito agradável, e se moverem o seu corpo, ele pára. Novamente, este é o seu corpo de luz se expandindo e se alinhando ao núcleo galáctico.
Sem querer sair de casa ou sair em público: estes alinhamentos planetários e eclipses evocarão nuvens de liberação energética em sua área, e podem sentir e saber intuitivamente que não devem expor o seu campo áurico a isto.
O Sol começará a se comunicar com vocês
Mudança na velocidade da luz. Para alguns haverá períodos de tempo não ocioso. Este é o seu treinamento da vida real, de estarem muito presentes e saber no momento o que é certo para vocês. Vocês estão se tornando um adepto e caminhando completamente em uníssono com o espírito, sem hesitação. Esta é a mestria da ascensão.
O que parece um ataque psíquico: O maior influxo de luz está incitando a liberação da negatividade e os reinos astrais vêem a sua luz como uma ameaça, ainda que vocês nada tenham feito a eles. Não se envolvam com eles. Certifiquem-se de que as suas energias estejam avançando. Sejam neutros e permaneçam em sua frequência divina, alinhados à Fonte. Uma vez que estejam neste espaço, vocês podem dizer a versão atualizada do mantra de Ho’oponopono e a Prece da Luz.
“Sinto muito, perdoe-me. Eu o amo. Obrigado. Você e eu estamos liberados e limpos”.
Digam isto 3 vezes ou mais com o nome da pessoa ou da situação.
Aumento da Intuição, do Sentimento e da Sabedoria. 
Não ser capaz de avançar em sua jornada de vida.: Vocês podem sentir que estão sendo frustrados em sua missão e jornada. O que está ocorrendo é o céu desejando que vocês estejam exatamente onde estão, e, de fato, a sua missão no momento é apenas ser Luz. Fé e confiança são solicitadas aqui e vocês devem meditar e descansar.
GRANDES TRANSIÇÕES NOS RELACIONAMENTOS
Mudança para um novo local: Vocês podem se perceber subitamente que não estão em alinhamento energético e Gaia os está mudando para um lugar.
Compartilhamos e dizemos esta prece com vocês, ao longo do Trânsito de Vênus, para que se alinhem novamente com a fonte do sol central da Luz. Obrigada por estarem aqui, criando a nova Era da Luz. Vocês são o cálice sagrado do plano divino na forma, a magnífica glória do espírito de Shekinah, restaurada através do sagrado coração.
PRECE DA LUZ
Que haja a Luz, pois eu sou a Luz.
Que haja a Paz, pois eu sou a Paz.
Alinho-me com a grande e poderosa Fonte do Sol Central.
Ilumine-nos com a causa mais elevada da Luz e com a ação benevolente de todos.
Todas as legiões, equipes, reinos, dimensões, poder soberano e sagrado da Luz, unam-se a mim e restaurem e curem a todos.
Iluminem todos os espíritos com a mente de Cristo.
Que a verdade seja restaurada com a Luz Divina.
Restaurem as células com as células da Luz, nosso projeto divino e original.
Que assim seja.
enviado por Bento

terça-feira, 5 de junho de 2012

Energias de junho


Qualquer mês que comece com um Eclipse, contenha um raro trânsito de Vênus, um planeta que indica mudança, e uma quadratura com Urano/Plutão, pretende ser emocionante e este mês não é exceção. Mas há diferentes tipos de “emoção” e uma das melhores maneiras de administrar as energias de Junho é não ter expectativas sobre as bênçãos que ele nos concederá, e lembrar-se de que há muitos tipos diferentes de bênçãos. Por um lado, teremos extrema clareza sobre onde estivemos colocando a nossa energia e, por outro lado, sem dúvidas quanto aos próximos passos de nossa jornada, que escolhas faremos e se teremos a coragem de sermos felizes e começarmos a viver de maneira que realizemos os nossos sonhos.

Junho é tradicionalmente o mês para os casamentos e para unir as pessoas, entretanto, podemos ver mais separações do que uniões, e promessas quebradas, em vez de mantidas. Para começar, nós temos um eclipse lunar em 4 de Junho, completando o Eclipse Solar de 21 de Maio. Então, em 5 de Junho, é o há muito antecipado trânsito de Vênus, um evento raro, em que Vênus ofusca o Sol. Há o potencial para que criemos uma expressão equilibrada das energias masculino-femininas dentro de nós mesmos e no mundo. Onde vocês escondem estes aspectos de si mesmos, qual aspecto consideram mais poderoso, e como isto é expresso em sua vida? E o que estavam fazendo em Junho de 2004, quando a primeira metade do trânsito de Vênus ocorreu? Tudo o que foi revelado ou não concluído, então irá ter um encerramento ou conclusão agora. Até onde chegaram desde então, há mais que possam fazer, e como vocês mudaram? Prestem atenção aos seus pensamentos para estas respostas, porque elas os esclarecerão em relação aos seus próximos passos.

Marte está ainda completando a sua sombra do retrógrado de Janeiro de 2012, que termina em 23 de Junho. Isto trouxe o paradigma do curador martirizado e como nos curamos e aos outros. Todas as nossas ações e escolhas emanam de como escolhemos fazer o nosso trabalho de cura. Como curadores martirizados, nós colocamos as necessidades dos outros em primeiro lugar, tendemos para a cura deles e evitamos a nossa. Com as energias de Junho, iremos enfrentar uma poderosa questão: “Temos a coragem de sermos felizes e escolhermos a felicidade para nós mesmos?” É necessário coragem para vivermos os nossos sonhos, expressarmos e realizarmos o nosso desejo de amor, abundância, sucesso e alegria, e darmos a isto a nossa plena atenção energética. Agora que a porta está abrindo para nós, teremos a coragem de atravessá-la?

E há mais! Júpiter entra em Gêmeos, ativando a energia do eclipse em 11 de Junho, momento para colocar o foco na clarificação do Karma e começar a expressar a sua verdadeira mente. Vocês podem sentir que têm muito a fazer e sem o tempo suficiente, ou simplesmente compreender que têm clareza sobre tudo o que querem fazer, e saber que podem fazer algo, tudo ou nada disto. Há muita energia da abundância neste mês, mas lembrem-se de que a abundância não tem julgamento, assim há abundância em todas as coisas. Escolham o tipo que lhes traga mais alegria.

Saturno segue direto em 23 de Junho, e teremos a poderosa quadratura de Urano/Plutão, a primeira das sete, que capacitará mais as mudanças globais no poder que o mundo está enfrentando. A força da mudança não pode mais ser interrompida e ao longo de todo este ano, nós aprenderemos mais sobre os sistemas que controlam, manipulam, dominam e influenciam o planeta. Isto faz parte do processo do nosso despertar, compreendendo que estamos com algemas que limitam a nossa expressão, alegria, liberdade e mobilidade. Mas o nosso processo do despertar também inclui ferramentas para a alegria, a chave para nos libertarmos das nossas algemas e a capacitação para nos rebelarmos contra a nossa opressão coletiva. Não temos tempo para ficarmos irritados, tristes ou perturbados agora, pois não é o melhor uso para a nossa energia.

O primeiro passo do processo do despertar é compreender que estivemos dormindo. Podemos nos deitar na cama e chorarmos pelo tempo que achamos que desperdiçamos, ou podemos sair da cama e começarmos a viver com alegria intencional. A Luz sempre vence as trevas e as vibrações mais elevadas sempre triunfam sobre as inferiores. Quando nós, e toda a humanidade, despertarmos do nosso sono, teremos que decidir o que faremos com todo este poder – iremos nos tornar pessoas poderosas, ou simplesmente pessoas com poder que têm um machado para oprimir? Uma escolha mais esclarecida é ter vidas poderosas, ancorados na alegria, na auto-expressão, na criação, na abundância e no uso do nosso poder para criarmos a vida e o mundo que sejam a expressão maior dos nossos dons, talentos, sonhos e energia.

As energias deste mês os desafiarão para que sigam o seu coração, resplandeçam a luz em seus sonhos, explorem a sua alegria e sejam fiéis a sua própria cura e à jornada de sua vida. Podemos avançar em nossa própria energia, ou sermos arrastados na enchente da mudança que está ajudando a criar a Nova Terra. É para isto que estamos aqui, para que possamos preencher nosso tanque com o “gás da alegria” e começarmos a viver a vida com alegria,e finalmente, começarmos a curtir esta jornada. É o momento e estivemos trabalhando arduamente: comecemos a ter algum divertimento.

Tenham um mês maravilhoso.

enviado por Vera

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Cura real


 
Quando nos decidiremos? Do livroMédico Jesus – da autoria de José Carlos De Lucca, que traduz um pouco do que já sabemos.
Muitos como Louise Hay, Dr. Dráuzio Varella, Cristina Cairo,Thorwald Defthsen, Rudiger Dahlke entre outros já escreveram sobre o reflexo das emoções
nas doenças que manifestamos, vale a pena conferir!


Não trate apenas dos sintomas, tentando eliminá-los sem que a causa da enfermidade seja também extinta. A cura real somente acontece do interior para o exterior ...

Sim, diga a seu médico que você tem dor no peito, mas diga também que sua dor é dor de tristeza, é dor de angústia.

Conte a seu médico que você tem azia, mas descubra o motivo pelo qual você, com seu gênio, aumenta a produção de ácidos no estômago.

Relate que você tem diabetes, no entanto, não se esqueça de dizer também que não está encontrando mais doçura em sua vida e que está muito difícil suportar o peso de suas frustrações.

Mencione que você sofre de enxaqueca, todavia confesse que padece com seu perfeccionismo, com a autocrítica, que é muito sensível à crítica alheia e demasiadamente ansioso.

Muitos querem se curar, mas poucos estão dispostos a neutralizar em si o ácido da calúnia, o veneno da inveja, o bacilo do pessimismo e o câncer do egoísmo.

Não querem mudar de vida.

Procuram a cura de um câncer, mas se recusam a abrir mão de uma simples mágoa.


Pretendem a desobstrução das artérias coronárias, mas querem continuar com o peito fechado pelo rancor e pela agressividade.

Almejam a cura de problemas oculares, todavia não retiram dos olhos a venda do criticismo e da maledicência.

Pedem a solução para a depressão, entretanto, não abrem mão do orgulho ferido e do forte sentimento de decepção em relação a perdas experimentadas.

Suplicam auxílio para os problemas de tireoide, mas não cuidam de suas frustrações e ressentimentos, não levantam a voz para expressarem suas legítimas necessidades.

Imploram a cura de um nódulo de mama, todavia, insistem em manter bloqueada a ternura e a afetividade por conta das feridas emocionais do passado.

Clamam pela intercessão divina, porém permanecem surdos aos gritos de socorro que partem de pessoas muito próximas de si mesmos.

Deus nos fala através de mil modos; a enfermidade é um deles e por certo, o principal recado que lhe chega da sabedoria divina é que está faltando mais amor e harmonia em sua vida.

Toda cura é sempre uma autocura e o Evangelho de Jesus é a farmácia onde encontraremos os remédios que nos curam por dentro. Há dois mil anos esses remédios estão à nossa disposição.

As essências florais estão a nossa disposição, para irmos alem do sintoma físico, curarmos a dor emocional, trazendo a virtude correspondente ao desequilíbrio existente, curando do interior para o exterior.
Related Posts with Thumbnails