segunda-feira, 30 de julho de 2012

AS ENERGIAS DE AGOSTO DE 2012.


SEARA ESPIRITUAL A CAMINHO DA LUZ 


Estava começando a me perguntar se eu seria capaz de escrever sobre Agosto, se ainda estaria de pé, respirando, pensando ou consciente. Algumas coisas que experienciamos em Julho foram muito poderosas, cansativas, levando-nos à beira de nosso abismo interno, para nos deixar ver até onde poderíamos ser empurrados, para que possamos saber até onde nós chegamos. Pensem em tudo o que passaram desde o final da década de 90 (ou antes). Vocês compreendem melhor estas experiências agora, relacionam-se mais intensamente com elas e aprendem, curam e crescem mais rapidamente, permitindo que elas os ajudem a se transformar?
Agosto é um mês especial, que começa e termina com luas cheias, um mês de “lua azul”. Estas não acontecem muito frequentemente e têm uma energia extra na conclusão. Temos a oportunidade de completarmos as energias de Julho até 2 de Agosto, começarmos algo novo em Agosto e terminá-lo até o final do mês. Agosto será um mês movimentado, mas não pelas mesmas razões que experienciamos até agora neste ano. Energeticamente ele não será tão desafiador e implacável. Mas isto, naturalmente, depende de onde cada um de nós está em seu caminho. Para alguns, os desafios de Julho irão continuar. Para outros, haverá uma transformação  notável e uma mudança bem-vinda, na forma de um ritmo mais lento, uma manifestação maravilhosa e uma oportunidade para começar a desfrutar a vida.
Mas não é o momento para nos sentarmos, deixarmos de avançar e esperarmos para ver o que acontecerá em seguida. Julho foi muito difícil, porque ele nos colocou cara a cara com nós mesmos, com as nossas escolhas, com as escolhas que fazemos, e o mais importante, com as coisas que evitamos, porque estamos temerosos, inseguros, em dúvida, confusos, ou com medo de ferirmos os sentimentos dos outros, de deixá-los deprimidos, ou onde vivemos as nossas vidas, de acordo com o que alguém queria ou precisava. A partir deste ponto em diante (e estamos ainda sob os efeitos da quadratura Urano/Plutão), a verdade, a integridade e o alinhamento serão as nossas palavras fundamentais. Onde estamos colocando a nossa energia e por que, através de que verdade estamos vivendo, com o que estamos alinhados e em integridade, o que queremos e o que estamos criando a cada pensamento, crença e escolha.
Isto não significa que Agosto será “fácil”, será apenas menos intenso se permanecerem em sua intenção e focados nos resultados que querem, sem se tornarem muito específicos sobre os detalhes. Uma das coisas de que eu tenho lembrado é começar a me divertir, não trabalhar tanto e deixar ir a necessidade de estar sempre preparada para conquistar a próxima lição. Algumas vezes ficamos tão focados em nosso trabalho de cura, que nos esquecemos de integrar o que aprendemos e que não pretendamos que seja “só trabalho”, mas que tenhamos tempo para nos divertir. O que faz a sua vida divertida, agradável e emocionante? Que diversão vocês adiaram para outra época? É este momento agora, estejam abertos para receber porque o conquistaram.
Em Setembro, veremos os resultados dos nossos esforços de uma maneira grandiosa, e eu não posso dizer mais do que isto. Não porque esteja tentando manter segredo, mas é que eu estive ouvindo durante meses que algo  grande iria acontecer em Setembro e muitos outros compartilharam que eles estão também recebendo esta informação, mas não sabemos o que irá acontecer. Eu escrevi nas previsões de 2012, que poderíamos receber visitas de extraterrestres nesta parte do ano, assim pode ser que seja isto que aconteça. Isto definitivamente ficará interessante a partir de agora até Dezembro, assim relaxem, lembrem-se de respirar, permaneçam concentrados em criar a alegria, a paz, o amor e a abundância em sua vida, para que possam criar isto também para o mundo. Desejo-lhes bênçãos abundantes, com um mês maravilhoso, cheio de alegria e paz.
E lembrem-se de que Mercúrio está ainda retrogrado, até 8 de Agosto, e então completa a sua sombra até o dia 22. O melhor de tudo neste mês: Vênus finalmente termina a sua sombra do retrógrado em 30 de Julho.


enviado por Vera

sexta-feira, 27 de julho de 2012

CHAMADO MUNDIAL


 
 
                                                                                                   
A todas as pessoas que sustentam o desejo e a intenção suprema de que reine, em nosso planeta, de modo permanente e definitivo, o AMOR, a PAZ e a ALEGRIA.

Com o fim de ajudar o nosso planeta e todos os seus habitantes a trazer Luz ao Novo Mundo que deverá surgir, convoco-o, bem como a todos os que desejam servir à Luz, a todos os que, como nós, sentem a necessidade de afirmar o compromisso de vibrar e de sustentar permanentemente essa nova energia, em sua máxima intensidade.

Trata-se de uma iniciativa urgente e vital para criar as condições necessárias para o salto quântico que permitirá trazer a Luz a nós mesmos e, em última análise, ao mundo em que vivemos. Para tanto, basta afirmar com plena convicção, em voz alta, de coração aberto e com total comprometimento:

“EM NOME DA ESSÊNCIA QUE ME HABITA, EU DECRETO, AQUI E AGORA, FAZER REINAR PERMANENTEMENTE O AMOR, A PAZ E A ALEGRIA AO MEU REDOR, PARA O MEU MAIS ALTO BENEFÍCIO E O MAIS ALTO BENEFÍCIO DE TODOS.”

Para que a afirmação produza efeito, faz-se necessário vivenciar, sentir as emoções como quando se está enamorado. É importante manter esta frequência emocional de um modo intencional constante e intenso, inteiramente focado e, naturalmente, agir em plena consonância com ela.

Este compromisso deve ser cumprido por um mínimo de 21 DIAS SEGUIDOS, o que possibilitará criar e ativar os circuitos neurais e energéticos necessários.

Durante esses 21 DIAS, deve-se repetir ao longo do dia, o mais frequentemente possível, “SOU AMOR, PAZ, ALEGRIA”, sentindo, ao mesmo tempo, as emoções correspondentes, vivendo-as e manifestando-as em nós mesmos e à nossa volta.

Os resultados serão extraordinários porque quando alguém, durante 21 dias, consegue viver e vibrar em alinhamento com a energia positiva e com a determinação de não julgar os outros, isto sobrepujará a negatividade de um número muito maior de pessoas que vivem em níveis mais baixos de energia.

Aquele que, durante 21 dias, conseguir viver e vibrar em alinhamento com a energia do Amor e do respeito ao próximo, para com tudo o que existe, sobrepujará a negatividade de um número ainda muito maior de pessoas que vivem em níveis mais baixos de energia.

E aquele que, durante 21 dias, conseguir viver e vibrar em alinhamento com a energia da Iluminação, da Paz infinita e da Alegria interior, sobrepujará a negatividade de uma boa parte da humanidade, que vive em níveis mais baixos de energia.

21 dias é o tempo suficiente para que uma transformação efetivamente ocorra de modo irreversível. É um tempo bem curto e vale muito a pena nisso colocarmos todo o nosso empenho.

TODA A CRIAÇÃO AGRADECE POR ANTECIPAÇÃO A TUA ENTREGA, QUE TE SERÁ RESTITUÍDA INFINITAMNTE MULTIPLICADA.

Agradeço por compartilhar isto tão rapidamente quanto seja possível, e com o maior número possível de pessoas. Mas, principalmente, agradeço o teu propósito de se entregar de coração aberto a esta fantástica experiência.

Qualquer tradução que respeite a essência do conteúdo é muito bem vinda.

PAZ E LUZ!
Dr. Wayne W. Dyer

enviado por Francisco Ulisses

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Eu estou cercado pelo amor de Deus

"Pai, estás na frente e atrás de mim, ao meu lado, no lugar em que me vejo e em todo lugar aonde vou. Estás em todas as coisas que contemplo, nos sons que ouço e em cada mão que procura alcançar a minha.

Em ti o tempo desaparece e o lugar vem a se uma crença sem significado. Pois o que cerca o Teu Filho e o mantém a salvo é próprio Amor. Não há outra Fonte senão essa e não há nada que não compartilhe a Sua Santidade; não há nada que esteja além da Tua única criação ou sem o amor Que contém todas as coisas em Si Mesmo.

Pai, o Teu Filho é como Tu és. Hoje, vamos a Ti em Teu próprio Nome, para estarmos em paz no Teu Amor que dura para sempre."

Um Curso em Milagres, Lição 264
Para ver as  Lições ilustradas acesse: 
http://umcursoemmilagres.blogs.sapo.pt/

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Animais possuem consciência


"Não é mais possível dizer que não sabíamos", diz Philip Low

Neurocientista explica por que pesquisadores se uniram para assinar manifesto que admite a existência da consciência em todos os mamíferos, aves e outras criaturas, como o polvo, e como essa descoberta pode impactar a sociedade

Marco Túlio Pires
Epilepsia: especialistas estimam que 2% da população brasileira tenha a doença
Estruturas do cérebro responsáveis pela produção da consciência são análogas em humanos e outros animais, dizem neurocientistas (Thinkstock).

O neurocientista canadense Philip Low ganhou destaque no noticiário científico depois deapresentar um projeto em parceria com o físico Stephen Hawking, de 70 anos. Low quer ajudar Hawking, que está completamente paralisado há 40 anos por causa de uma doença degenerativa, a se comunicar com a mente. Os resultados da pesquisa foram revelados no último sábado (7) em uma conferência em Cambridge. Contudo, o principal objetivo do encontro era outro. Nele, neurocientistas de todo o mundo assinaram um manifesto afirmando que todos os mamíferos, aves e outras criaturas, incluindo polvos, têm consciência. Stephen Hawking estava presente no jantar de assinatura do manifesto como convidado de honra.

Divulgação
Philip Low
Philip Low: "Todos os mamíferos e pássaros têm consciência"

Low é pesquisador da Universidade Stanford e do MIT (Massachusetts Institute of Technology), ambos nos Estados Unidos. Ele e mais 25 pesquisadores entendem que as estruturas cerebrais que produzem a consciência em humanos também existem nos animais. "As áreas do cérebro que nos distinguem de outros animais não são as que produzem a consciência", diz Low, que concedeu a seguinte entrevista ao site de 
VEJA:

Estudos sobre o comportamento animal já afirmam que vários animais possuem certo grau de consciência. O que a neurociência diz a respeito? Descobrimos que as estruturas que nos distinguem de outros animais, como o córtex cerebral, não são responsáveis pela manifestação da consciência. Resumidamente, se o restante do cérebro é responsável pela consciência e essas estruturas são semelhantes entre seres humanos e outros animais, como mamíferos e pássaros, concluímos que esses animais também possuem consciência.

Quais animais têm consciência? Sabemos que todos os mamíferos, todos os pássaros e muitas outras criaturas, como o polvo, possuem as estruturas nervosas que produzem a consciência. Isso quer dizer que esses animais sofrem. É uma verdade inconveniente: sempre foi fácil afirmar que animais não têm consciência. Agora, temos um grupo de neurocientistas respeitados que estudam o fenômeno da consciência, o comportamento dos animais, a rede neural, a anatomia e a genética do cérebro. Não é mais possível dizer que não sabíamos.

É possível medir a similaridade entre a consciência de mamíferos e pássaros e a dos seres humanos? Isso foi deixado em aberto pelo manifesto. Não temos uma métrica, dada a natureza da nossa abordagem. Sabemos que há tipos diferentes de consciência. Podemos dizer, contudo, que a habilidade de sentir dor e prazer em mamíferos e seres humanos é muito semelhante.

Que tipo de comportamento animal dá suporte à ideia de que eles têm consciência? Quando um cachorro está com medo, sentindo dor, ou feliz em ver seu dono, são ativadas em seu cérebro estruturas semelhantes às que são ativadas em humanos quando demonstramos medo, dor e prazer. Um comportamento muito importante é o autorreconhecimento no espelho. Dentre os animais que conseguem fazer isso, além dos seres humanos, estão os golfinhos, chimpanzés, bonobos, cães e uma espécie de pássaro chamada pica-pica.

Quais benefícios poderiam surgir a partir do entendimento da consciência em animais? Há um pouco de ironia nisso. Gastamos muito dinheiro tentando encontrar vida inteligente fora do planeta enquanto estamos cercados de inteligência consciente aqui no planeta. Se considerarmos que um polvo — que tem 500 milhões de neurônios (os humanos tem 100 bilhões) — consegue produzir consciência, estamos muito mais próximos de produzir uma consciência sintética do que pensávamos. É muito mais fácil produzir um modelo com 500 milhões de neurônios do que 100 bilhões. Ou seja, fazer esses modelos sintéticos poderá ser mais fácil agora.

Qual é a ambição do manifesto? Os neurocientistas se tornaram militantes do movimento sobre o direito dos animais? É uma questão delicada. Nosso papel como cientistas não é dizer o que a sociedade deve fazer, mas tornar público o que enxergamos. A sociedade agora terá uma discussão sobre o que está acontecendo e poderá decidir formular novas leis, realizar mais pesquisas para entender a consciência dos animais ou protegê-los de alguma forma. Nosso papel é reportar os dados.

As conclusões do manifesto tiveram algum impacto sobre o seu comportamento? Acho que vou virar vegetariano. É impossível não se sensibilizar com essa nova percepção sobre os animais, em especial sobre sua experiência do sofrimento. Será difícil, adoro queijo.

O que pode mudar com o impacto dessa descoberta? Os dados são perturbadores, mas muito importantes. No longo prazo, penso que a sociedade dependerá menos dos animais. Será melhor para todos. Deixe-me dar um exemplo. O mundo gasta 20 bilhões de dólares por ano matando 100 milhões de vertebrados em pesquisas médicas. A probabilidade de um remédio advindo desses estudos ser testado em humanos (apenas teste, pode ser que nem funcione) é de 6%. É uma péssima contabilidade. Um primeiro passo é desenvolver abordagens não invasivas. Não acho ser necessário tirar vidas para estudar a vida. Penso que precisamos apelar para nossa própria engenhosidade e desenvolver melhores tecnologias para respeitar a vida dos animais. Temos que colocar a tecnologia em uma posição em que ela serve nossos ideais, em vez de competir com eles.

enviado por Vera

sexta-feira, 13 de julho de 2012

FLORES-BRILHO




Quando o homem for capaz de ouvir o som das flores, então seu coração estará aberto para outras realidades transcendentais.
Quando o brilho do sol for visto como beijo da vida, então o homem comungará melhor com o prana.
Quando desaparecer o orgulho, os homens dirão com certeza: "Somos filhos da natureza!”.
Que o Grande Espírito possa promover uma chuva de amor no terreno de nossos corações.
Que as mágoas sejam lavadas e os dias cinzentos da alma diluídos pela Grande Luz que tudo cura e reconstrói.
Que as pessoas ouçam os sons das flores, com a percepção do coração.
Quando a vibração da luz dos homens for mais leve e simples, o próprio coração humano será uma flor e a humanidade um lindo jardim de "pessoas-flores" irrigadas pela paz do Grande Espírito.

- Um índio pele vermelha extrafísico  - Recebido espiritualmente por Wagner Borges; São Paulo, 17/07/98.


enviado por Francisco Ulisses

quarta-feira, 11 de julho de 2012

A ABUNDÂNCIA É O SEU DIREITO INATO. REIVINDIQUE-A!



 

Por Ka’t Mandu
6 de Julho de 2012.

A Abundância é um elemento fundamental nos reinos cósmicos. Vocês poderiam dizer que a abundância é abundante. Isto é porque nos reinos mais elevados não há falta. A falta é uma aflição do espírito e uma ilusão das dimensões menos elevadas. A abundância está em toda parte. Assim, por que vocês estão tendo tanta dificuldade em se ligar e trazer à manifestação a abundância que vocês criaram vibracionalmente? É por causa do seu medo e dúvida. Vocês foram treinados a acreditar na falsa afirmação: “Eu acreditarei nela quando vê-la”. É quando vocês precisam realmente reverter esta maneira de pensar e dizer: “Eu a verei quando acreditar nela.”

Muitos de vocês no caminho da luz foram treinados com outra premissa falsa, e isto é que a fim de serem espiritualizados, vocês têm que viver na pobreza. Isto é tão incorreto que não pode ser suficientemente enfatizado. Vocês estão rejeitando a Fonte quando rejeitam a bondade em que a abundância está envolvida. Ela é uma dádiva e é o seu direito inato. Como esperam ajudar as pessoas do mundo com a falta de fundos?

Assim, a fim de entrarem em um estado de mentalidade de abundância, que é o estado de acreditar na abundância que vocês já criaram e que está esperando por vocês, olhem ao redor em seu mundo. Vejam a abundância a sua volta. Olhem para todas as árvores. Observem todos os alimentos no supermercado. Observem todas as pessoas e como elas são bem alimentadas e têm as coisas que elas querem. Isto é abundância e é prazeroso de se ver. Sintam-se bem com isto. A abundância não é apenas financeira, mas todas as formas de abundância de fato, compram a felicidade, porque a sua vida está fluindo mais livremente e vocês são capazes de ajudar mais aos outros, o que se manifesta como uma abundância de amor, generosidade e bondade. Há abundância em toda parte. Alegrem-se com a riqueza dos outros e vejam como a sua atitude de agradecimento e amor  trazem-na para vocês também.

Pode-se dizer que se nós vivemos em um mundo tão abundante, então por que há tantas pessoas que são pobres? É porque elas estão vendo um mundo de carência. Elas a vêem em todos os lugares, todos os dias, assim elas a criam com os seus poderes de pensamento. É por isto que vocês precisam ser tão cuidadosos em relação ao que pensam, porque se pensarem nela o suficiente, irão manifestá-la em sua realidade.

Visualizem por dez minutos por dia, enquanto estiverem fazendo as suas meditações ou preces diárias, estas pessoas mais pobres recebendo tudo o que querem. Ao fazerem este ato de bondade e de compaixão, embora vocês não possam afetá-las diretamente por causa do livre arbítrio, vocês podem mudar a vibração delas com uma “lavagem” vibracional, por assim dizer, de modo que elas tenham a idéia de trazer mais positividade e bênçãos em suas vidas. Esta é uma grande dádiva que vocês podem fazer, e não é uma abordagem curativa para a pobreza, mas um verdadeiro estímulo.

Amo a todos vocês, mais do que as palavras

Ka’t Mandu

Tradução: Regina Drumond –reginamadrumond@yahoo.com.br

enviado por Francisco Ulisses

segunda-feira, 9 de julho de 2012

A CANÇÃO DA MANHÃ DE P'TAAH



P'taah 
Através de Jani King

P'taah nos dá a Canção da Manhã e explica porque é tão poderosa. 

Se vocês quiserem trazer mudanças surpreendentes para a sua vida, 
nós temos uma linda versão em frases separadas da Canção da Manhã, 
para o seu banho de chuveiro, assim vocês podem fazer disto uma 
parte da sua rotina diária.

P'taah explica:

Amados, não existe nenhuma diferença na energia de abundancia/carência. 
Esta é a verdade principal. A diferença está em sua percepção. 

Quando vocês estão focalizados na falta e necessidade e no "não tenho", 

o que vocês pensam que é a emoção de base? 

Necessidade se equipara ao medo. 

Um truque rápido para transformar suas vidas -- claro que está se 

presumindo que vocês estarão abraçando aquela parte criança de vocês; 
um não funciona sem o outro – parem de se focalizar no "não tenho". 
Pois todo tempo que vocês se sentem em necessidade, vocês estarão 
existindo em um lugar de medo.

Devemos dar a vocês uma linda canção para cantarem todos os dias? 
Realmente, vocês podem criar sua própria melodia, mas nós daremos a 

vocês as palavras. 

Vocês estão prontos?

CANÇÃO DA MANHÃ

Pelo Deus/Deusa do meu Ser eu agradeço,
Pelo Amor que Eu Sou
Pelo Amor que há em minha vida e
Pelo Amor que me rodeia
Obrigado
Obrigado pelo Milagre da Vida que Sou
E Obrigado pelo Milagre da Vida que vejo 
refletido por toda as partes à minha volta
Obrigado por este corpo perfeito,
Minha saúde e bem-estar
Obrigado
Obrigado pela abundância que Eu Sou
E Obrigado pela abundância que vejo 
refletida em todas as partes em minha volta
Obrigado pelos bens e riqueza e pela fartura de 

minha vida e 
Obrigado pelo rio de dinheiro que flui para mim,
E através de mim
Obrigado
Graças pelo entusiasmo e pelo entusiasmo e aventura 

dos milhões de maravilhosas possibilidades e 
maravilhosas possibilidades
Obrigado
Obrigado pelas maravilhas e obrigado pela alegria
Obrigado pela beleza e harmonia
Obrigado pela paz e tranqüilidade
Obrigado pelo riso e obrigado pelo divertimento
Obrigado pelo privilégio de servir e compartilhar 
a Dádiva que Eu Sou
Obrigado! Obrigado! Obrigado!


E a propósito, todas aquelas coisas que vocês deram graças é por 

que existem em sua vida. 

O amor é a verdade de vocês e não existe nenhuma carência aqui. 
Seu corpo é um milagre e é absolutamente perfeito. 
Você é abundância. 
Como podia ser algum outro modo? 

E tudo sobre vocês em sua realidade exterior, você estão cercados 

por amor, por abundância, pelo milagre de vida. 

E vocês sabem sobre as realidades possíveis e prováveis -- 

maravilhosas e ilimitadas. 
Vocês sabem sobre paz e tranqüilidade; sobre amor e alegria e risos e 

brincadeiras. 

E ainda que vocês não possam realmente entender isto neste Agora, 

vocês verdadeiramente são uma dádiva.

Cantem esta canção para o seu universo todo dia enquanto vocês 

seguem para banhar o seu corpo, e enquanto vocês permanecem em 
baixo do fluxo delicioso da água e seu belo corpo está morno e relaxado. 

A água é cristalina em sua propriedade e é grandemente amplificadora, 

e enquanto vocês cantam as palavras para fora, o som abraçado pelo 
sentimento de estar-sendo, no Agora de estar em abundância total, 
vocês estão naquela realidade. 

E, a medida que vocês seguem adiante em seu dia, vocês carregam com 

vocês a ressonância, a energia que não conhece nenhuma carência.

© 1998 Jani King
Jani King
PO Box 1251
Joshua Tree, CA 92252
760-366-0375 - 888-803-1777
Fax 760-366-0385
www.ptaah.com  - ptaah@ptaah.com  
Tradução: Silvia Tognato Magini 
silvia.tm@uol.com.br 
Mensagem enviada por Juracyara Saul da Costa

quinta-feira, 5 de julho de 2012

2012...DISSOCIAÇÕES E ASCENSÃO..

[199091_206275499383879_100000042923113_880850_4500652_n%255B2%255D.jpg]

·         3 julho 2012 às 22:00
A nova terra que está se formando para cada um de vocês é um holograma de suas co-criações. Vocês são criadores locais, individuais e coletivos de um novo mundo. Suas formas pensamentos vão projetar uma realidade conforme seus desejos estão sendo alicerçados pela carga energética de suas emoções e crenças. Suas frequências energéticas constroem o seu novo mundo e o seu modo de viver nele. Não há mais carma, não há mais espaço para culpas e culpados, a nova energia abre portas e convoca a beleza da liberdade de suas novas consciências e isso se chama ascensão meus queridos.
Vocês finalmente permitiram a abertura de portas que estavam por tanto tempo trancadas, é um glorioso trabalho e todos nós nos sentimos orgulhosos. Permitam-se pensar além das condições fechadas que lhes mantiveram no limite por tanto tempo. Permitam-se pensar além dos paradigmas vigentes, abracem as novas ideias e seus novos dons com a certeza que o ilimitado nos apresenta. O carma tem sido desautorizado pela malha do planeta porque vocês emitem agora um novo tipo de luz que não comporta a velha estrutura que lhes prendiam a padrões antigos. Tantos de vocês já mudaram que até mesmo aqueles que não acompanham o seu percurso de jornada estranham seu comportamento. Esses conhecidos falam a vocês: “Você mudou tanto, onde está aquele individuo de antes?” Alguns relacionamentos se romperam, porque seria antagônico perpetuar o seu novo Ser numa relação antiga. Não sintam-se receosos de romper com velhos padrões porque ser novo exige isso de vocês.

Muitos casamentos, vínculos de amizades e relacionamentos estão se rompendo porque vocês sentem que não falam a mesma língua. Há uma divergência aí e vocês precisam ser o que estão se tornando. Contudo, a separação já não é tão sofrida como seria se vocês ainda vibrassem na velha consciência. Vocês estão esperançosos e excitados com o novo e a promessa de uma nova vida habita seus corações e lhes carrega de certezas como ondas de energia que vem e vão. No entanto, enquanto há dissociações em seu meio, há novos indivíduos chegando aliados ao holograma da antiga promessa de que essa época seria tão importante para esse reencontro. Algumas limpezas em suas relações são necessárias, até que você comece a fluir com desprendimento e alegria de estar só e tão protegido ao mesmo tempo. De certo modo, vocês sentem que foram mexidos em suas bases e isso lhes trouxe novos sentimentos e novos modelos de se relacionar com os outros e com a vida; vocês sentem afinidades e essa sincronia com algumas pessoas é tão forte que alivia suas almas da sensação de solidão. E, lembrem-se que nos momentos de maior desamparo, nos momentos em que as vozes de seus guias forem silenciadas, serão os momentos em que vocês estarão mais amparados pelas ligas estelares que tem ajudado este planeta. Queridos, preparem-se para o que está nascendo, abram caminho para o novo, abracem e mergulhem na ideia de novas perspectivas e ângulos de existência dimensional.

Vocês estão se reconectando com o divino. O Deus em vocês está cada vez mais ativo e essa força amorosa fala com vocês de maneira tão suave e nítida. Vocês tornaram-se canalizadores de suas fontes divinas em tempo integral, qualquer separação agora é momentânea e vocês sabem que não estão sozinhos. A humanidade é livre para sentir o que bem entender. Todos são livres para criar o seu novo mundo, basta intenção e coração. Queridos, mergulhem em suas melhores emoções... Quando vocês sentem um lampejo de gratidão ligado a uma sensação de amor profundo é o Deus em vocês querendo tomar seu lugar e lhes puxando adiante para um novo modo de vida. A divindade está lhes saudando ao passarem para este lado do véu, ao atravessarem a malha vibrátil que vocês mesmos ajudaram a construir. É uma visão tão bela, é um momento tão sublime recebê-los do lado de cá e a cada passagem vocês são atravessados por uma emoção de separação tão grande com o antigo EU que muitas vezes é tão parecida com a sensação de que vocês estão literalmente morrendo para esta dimensão em que vivem. Não temam suas sensações, abençoem-nas porque vocês estão chegando de volta ao lar, encontrando suas raízes divinas. É um grande e belo encontro e vocês nunca estarão separados um do outro. Vocês serão grandemente apoiados e amados neste incrível retorno ao lar. Vocês estão sendo aplaudidos agora por muitas energias que habitam um novo mundo. E assim é.

enviado por Francisco Ulisses 

Uma transmissão de impulsos espirituais de Cristo Samana


Escuta a voz do Grande Maestro, a qual reconheces desde os tempos antigos.

Eu Sou o mesmo de ontem e de hoje, vivo dentro da Esfera Maior. Aguardo que encontres Meu Caminho na oração misericordiosa.

Dos raios que se projetam desde Meu Coração, um é de renovação e o outro é o amor. Vive em estado transformação sob o poder infinito da Graça.

Recorda teu retorno a origem, a estrela, ao Sol, ao Cosmos, ao Meu Coração Sagrado. Verte teu ser sobre Mim, para que Eu resguarde, em paz, teus caminhos. Sou teu Maestro da Luz, que abre os braços da Misericórdia para receber te. Lê com atenção os preceitos que te deixei. Por que nas palavras encontrarás as chaves.

Por Shimani, em "Cristo de la Luz, Samana Redentor"

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Sabedoria

Peça aos seus Anjos para iluminá-lo e ajudá-lo a se conectar com a sua própria sabedoria interior. Se estiver confuso ou indeciso, peça aos seus Anjos para ajudá-lo a encontrar a informação, busque conselhos de especialistas para que lhe ofereçam opções e soluções. Estamos felizes em orientá-lo sempre para a educação e a assistência divina.

A Meditação é a melhor maneira de se conectar com os seus anjos e o seu Eu Superior. Eles lhe oferecem uma fonte de sabedoria e de amor. Conecte-se com o seu eu sábio e a sua comitiva de seres de luz a qualquer momento. Somos parte um do outro e podemos lhe oferecer coragem, direção e força. Podemos ajudá-lo a remover a negatividade e a abrir a sua mente para o pensamento claro e sábio e abrir o seu coração para mais amor.

Afirmação: “Cada emoção que eu sinto é a orientação do meu Eu Superior.”

Você é ternamente amado,
Os Anjos
SEARA ESPIRITUAL A CAMINHO DA LUZ

enviado por Cristina

terça-feira, 3 de julho de 2012

A BATALHA DOS SEXOS


Uma mensagem de Maria Madalena canalizada por Pamela Kribbe em dezembro de 2011

Esta transcrição da canalização ao vivo foi ligeiramente editada para facilitar o entendimento do texto escrito.
O arquivo de áudio desta canalização [no original, em inglês] está disponível em:


Queridos amigos, queridos irmãos e irmãs,

É com imensa alegria que me encontro aqui neste espaço com vocês. Meu coração se abre verdadeiramente, porque os amo muito. Agora estou livre dos fardos terrenos e posso enxergar facilmente sua beleza e sua coragem, enquanto caminham em suas vidas na Terra. Gostaria que pudessem ver isto por si mesmos. Muitas vezes vocês ficam tão presos no autojulgamento e na autodepreciação, que têm dificuldade de receber tudo o que lhes é oferecido. Vejo, com frequência, que a energia de cada um de vocês está amarrada num nó. Seus olhos estão fechados e vocês estão aprisionados em seus próprios julgamentos negativos.

É de se esperar que todos vocês tenham que lidar com a sensação de desmerecimento quando nascem na Terra; isto faz parte da sua estadia neste planeta. De fato, no nível energético, a Terra está coberta com um sentimento de autodepreciação e julgamento que é passado de geração para geração. Algumas pessoas são abençoadas por experimentarem, na infância, a sensação de inocência e espontaneidade, naturais da vida. Mas geralmente, quando uma alma encarna na Terra como ser humano, sua consciência facilmente se obscurece pela negatividade e medo que existem aqui.

Estou aqui agora para recordar-lhes a sua natureza verdadeira e ajudá-los a despertar para ela, em suas vidas diárias, pois embora a energia da Terra possa ser muito densa e pesada, eu conheço a força de suas almas. Vocês são verdadeiramente os guerreiros da Luz, mesmo que às vezes pareçam se esquecer disto. Às vezes sinto uma espécie de tristeza por causa disso. Ainda tenho sentimentos humanos, entendem? E estou conectada com vocês de coração.  

Hoje eu gostaria de lhes contar uma história sobre o que aconteceu entre os sexos, entre os homens e as mulheres, porque muito dessa energia escura, ou desse sentimento profundo de desmerecimento, tem a ver com essa história. Essa história tem a ver com a área da sexualidade.

Vocês sabem que a sexualidade deveria ser uma fonte de luz, de amor e um encontro genuíno entre almas. Em um encontro sexual verdadeiro, os parceiros estão abertos de coração. É uma experiência de bem-aventurança e êxtase encontrar uma pessoa nesse nível. Mas, tragicamente, poucas pessoas na Terra conseguem experimentar a união sexual desta maneira. Existe muita dor intensa nos corações dos homens e mulheres, na área da sexualidade, porque é nesta área que vocês são mais vulneráveis como seres humanos.

Todos vocês estão cientes da História recente, quero dizer, da História dos últimos quatro ou cinco mil anos. Nesse período de tempo, a energia feminina foi desvalorizada e humilhada por uma energia masculina agressiva. No ser humano feminino, isto criou uma ferida, num nível muito profundo. Mas isto também machucou os homens. Devido a essa energia masculina agressiva que se fez presente durante toda essa era, os homens não puderam desenvolver seu lado feminino, sensível. Conectar-se com outra pessoa pelo coração, demonstrar suas emoções, passou a ser muito difícil para eles. Por outro lado, as mulheres perderem contato com seu senso de autoestima e autonomia. Como resultado, homens e mulheres se afastaram, tornaram-se estranhos uns aos outros. E a área da sexualidade, que é a mais sagrada entre homem e mulher, tornou-se violentada. Em vez de prazerosa, tornou-se uma área de grande dor.

Agora quero dar um passo além e contar-lhes uma parte da História, que é mais antiga do que a que vocês conhecem. Houve uma época em que as mulheres tomaram o poder e exerceram-no sobre os homens. As mulheres ainda podem sentir isso, no fundo de si mesmas. Mesmo que tenham sido vítimas da agressão masculina em muitas vidas, elas também podem sentir sua capacidade interior de manipular a energia do homem. Não estou dizendo isto para fazê-las se sentirem culpadas nem envergonhadas, de maneira nenhuma. Quero apenas chegar à essência da ferida do homem e da mulher.

Então agora peço a cada um de vocês que sinta se reconhece ou não, dentro de si, a ferida da qual estou falando. Você consegue sentir amor verdadeiro no relacionamento com o sexo oposto? Consegue ser uma mulher ou um homem sem se envergonhar, sem nenhuma reserva em relação ao outro sexo?

Estou lhes dizendo que a sensação de desmerecimento que todos vocês estão enfrentando está muito relacionada com a ferida sexual nos homens e mulheres. Agora é a hora de curar essa ferida. Peço às mulheres, especialmente, que se elevem acima das questões de raiva e desconfiança que experimentam em relação aos homens. Vocês, homens e mulheres, foram tanto vítimas quanto agressores, ao longo da história dessa batalha.

Então agora, peço a cada um de vocês que imagine que está diante do seu namorado/namorada. Se não tiver um, simplesmente imagine alguém aí.

Primeiro observe o fluxo de doação: o que você está doando para essa outra pessoa? O que você é capaz de dar a ela? E dê uma boa olhada no seu próprio corpo enquanto lhe oferece essa energia. Como você sente isso em seu coração? Como sente isso dentro do seu ventre? Se perceber que o fluxo de doação se interrompe em alguma área, não julgue, não tente mudá-lo agora, apenas observe-o.

Agora olhe para o fluxo de recebimento. O que você está recebendo do seu parceiro? O que você é capaz de receber do seu parceiro? O que você consegue receber?

Provavelmente perceberá que existem áreas nos dois fluxos que parecem bloqueadas dentro de você. Quero que saiba que esses bloqueios não são apenas seus bloqueios pessoais. Você os herdou da História. Então não se julgue por isso. O que você é convidado a fazer, neste momento, é curar essa dor e, assim fazendo, ajudará a curar a dor coletiva da humanidade também. Você é muito mais forte do que pensa que é.

Convido-o a fazer um pequeno exercício de cura comigo. Agora, não estou lhe pedindo para curar a dor ou os bloqueios que percebe em si mesmo. Mas estou lhe pedindo que olhe para a dor ou os bloqueios do seu parceiro. Mantenha as coisas simples. Apenas pergunte ao seu parceiro: “O que você gostaria de receber de mim hoje? O que seria melhor para você? O que o ajudaria a se capacitar em sua vida?” E ofereça-lhe isto no nível energético.

Eu gostaria que você tivesse uma compreensão do seu parceiro, especialmente para entender a dor específica do sexo oposto. A ferida ou a dor são diferentes nos homens e nas mulheres. Os homens tornaram-se estranhos ao seu próprio lado sentimental, sua própria natureza feminina. Eles anseiam por uma conexão verdadeira. E as mulheres precisam se conectar com seu próprio poder e autoestima novamente. Os homens podem ajudar as mulheres a fazer isto, mostrando-lhes a verdadeira beleza e força delas. As mulheres podem ajudar os homens, perdoando-os e assumindo a responsabilidade por si mesmas. Pode haver uma interação tão bonita entre homens e mulheres!

Embora o caminho espiritual consista basicamente em curar a si mesmo, está na hora de darem-se as mãos para construírem pontes entre homens e mulheres. Ao terem verdadeira compaixão e compreensão um pelo outro, vocês também curam verdadeiramente a si próprios. Vocês se elevam acima da velha batalha e, permitem que a área da sexualidade volte a ser uma área de alegria e companheirismo.

Quando lutar contra sua escuridão interior e uma sensação de desmerecimento, peço a cada um que reflita sobre o quanto isto se deve às suas feridas como homem ou mulher. Ao estar consciente deste aspecto, você se torna mais compreensivo consigo e permite mais luz em sua vida. Na Nova Terra, que está nascendo nestes tempos, homens e mulheres se unirão novamente em harmonia. Suas energias se complementarão naturalmente. É na área da sexualidade que a sua alma, a sua energia espiritual, verdadeiramente desce à Terra, do centro de energia mais elevado para o mais baixo.

Quando há união sexual de coração para coração, vocês voltam ao centro do Paraíso. Vocês se sentem um só com o Espírito por uns instantes. Originalmente, a sexualidade é uma dádiva muito preciosa! O fato de ela ter sido obscurecida por uma energia sombria e dolorosa é um grande fardo para todos vocês; é a causa de muitas de suas emoções de solidão e desespero. Mas existem vários sinais de esperança nesta época. Homens e mulheres estão realmente procurando restabelecer a conexão verdadeira uns com os outros. Existe um peso sobre todos vocês, mas também um grande potencial de cura.  

Mais uma vez os convido a enxergar a si mesmos como eu os vejo do outro lado do véu. Peço-lhes que se tornem um só comigo agora e olhem para si mesmos através dos meus olhos. Podem se ver como as almas lindas e corajosas que vocês são?  Não há nada de errado com vocês. Nada! Vocês são seres perfeitos. Gostaria que pudessem aceitar isto de mim.


© Pamela Kribbe 2012

Tradução de Vera Corrêa  veracorrea46@ig.com.br, enviado por Francisco Ulisses

segunda-feira, 2 de julho de 2012

ALEGRIA É A SUA NATUREZA

 
~ OSHO ~

The Sadhana Sutra - discourse nº 1

Amado Osho, Como eu posso livrar-me do sofrimento?

"Todo mundo passa a sua vida em busca de uma coisa: como livrar-se do sofrimento? Como obter felicidade e alegria? Você quer buscar alegria, mas o que você pagará por isso? O que você dará em troca daquilo que conseguiu?

Se um homem der um passo que seja, ele terá que deixar o pedaço da terra sobre o qual ele estava em pé. Somente assim ele poderá ir adiante. Não haverá qualquer progresso neste mundo se nós não quisermos abrir mão de alguma coisa. Sem sacrificar-se você não conseguirá dar nem mesmo um passo.

Se as suas mãos estão cheias de lama, de seixos e de pedras e você quer diamantes, você terá que abandonar as pedras. Para agarrar o objeto desejado, as suas mãos deverão estar vazias. Você deverá deixar as coisas inúteis.

Não tenha medo: eu não lhe direi para renunciar à sua riqueza, mesmo porque ninguém tem riqueza alguma, ninguém mesmo. Neste mundo, até o mais rico dos homens é um mendigo. Ninguém tem riqueza. Existem dois tipos de mendigos: um é o mendigo pobre e o outro é o mendigo rico, mas ambos são mendigos. Até agora, eu nunca vi um homem rico. Existem muitas pessoas que possuem dinheiro, mas elas não são ricas, elas também estão na corrida para agarrar o máximo que elas puderem, do mesmo jeito como faz o mais pobre dentre os homens pobres. Como um pedinte que segura tudo o que tiver com as mãos bem apertadas, também o homem que tem o maior dos cofres segura com as mãos apertadas tudo o que ele tiver. A avareza deles é a mesma e assim a pobreza deles também é a mesma.

Você não tem riqueza. Ninguém a tem. Por isso eu não insisto que você tenha que abandoná-la. Como você pode deixar alguma coisa que você não tem? Eu não lhe digo para desistir da sua vida - você nem mesmo tem isso. Como você pode ter alguma coisa, se nem mesmo tem consciência dela? E a cada momento você fica tremendo de medo da morte. Se você fosse a própria vida, por que você estaria com medo da morte?

A vida não tem morte alguma. Como a vida pode tornar-se morte? Mas você está tremendo de medo da morte. A cada momento a morte está rondando você. Você está tentando se salvar por qualquer caminho possível, para que você não desapareça, para que você não morra, para que você não chegue a um fim. Mesmo a vida, você não a tem. É por isso que eu não irei lhe pedir para desistir da sua vida. Como você pode dar alguma coisa que você não tem?

Eu só irei pedir aquilo que você tiver. E eu irei pedir aquilo que todos têm. Assim como eu disse que a busca de todo mundo é por alegria, também existe algo que todos têm em abundância: o sofrimento. Você tem uma quantidade suficiente de sofrimento, mais do que você precisa. Por muitas vidas você nada mais tem colecionado a não ser sofrimentos. Você colecionou pilhas disso. Mesmo o monte Everest parecerá pequeno se for comparado com as pilhas de problemas que você tem colecionado. Esse é o trabalho de suas muitas vidas; você nada tem ganho, exceto problemas. Mesmo agora você os está ganhando.

Eu gostaria que você largasse seus problemas, renunciasse aos seus problemas. Ninguém jamais pediu os seus problemas, mas eu estou pedindo. E se você puder desistir de seus problemas, aí o caminho para a alegria poderá ser aberto. E se você conseguir abandonar os seus problemas, você irá perceber que aquilo que você pensava ser problema nada mais era que ilusão. E os seus problemas não o estavam segurando; você é que os estava segurando. Mas uma vez que você os deixe ir, você irá saber então quem estava segurando quem.

Você está sempre perguntando como conseguir livrar-se do sofrimento. Perguntando assim, parece que o sofrimento o está segurando e você quer livrar-se dele. Se o sofrimento estivesse lhe segurando, então não seria possível você se livrar dele, porque a posse não estaria em suas mãos, mas nas mãos do sofrimento. Você seria impotente. E se depois de tantas vidas você ainda não conseguiu tornar-se livre, então como conseguir tornar-se livre agora?

Eu digo a você que o sofrimento não o está segurando; você é que está segurando o sofrimento. E se você puder fazer uns experimentos, aceitando o que eu estou dizendo, você irá compreender por si mesmo. E não apenas você compreenderá isso, mas você irá experienciar uma entrega; você saberá como o sofrimento pode ser abandonado. E quando tornar-se bom na arte de abandonar o sofrimento, você irá perceber o que estava arrastando consigo. E ninguém, a não ser você, era responsável por isso. Por qualquer coisa que você tenha experienciado como sofrimento, nenhuma outra pessoa pode ser responsabilizada. Esse era o seu desejo: você queria sofrer. Tudo o que nós desejarmos será permitido. E tudo o que você é, é o fruto dos seus desejos. Nem Deus é responsável, nem a sorte; ninguém tem motivo algum para lhe causar problemas.

A verdade é que a existência está sempre querendo fazer você ficar alegre. Toda essa existência quer que a sua vida se torne um festival... porque quando você está infeliz, você também sai atirando infelicidade por toda a sua volta. Quando você está infeliz, o mau cheiro de suas feridas alcança toda a existência. E quando você está infeliz, a existência também sente dor. Todo esse mundo sente dor quando você está infeliz e sente alegria quando você está alegre. A existência não deseja que você deva ser infeliz. Isso seria suicídio para a própria existência. Mas você está infeliz e para se tornar infeliz você teve que fazer toda sorte de arranjos. E enquanto isso não for destruído, você não será capaz de abrir os seus olhos para a felicidade.

Quais são os seus arranjos? Que arranjo o homem faz para estocar os seus problemas? Como ele os coleciona? Compreenda isso um pouco e talvez fique mais fácil para você deixá-los. Uma criancinha quer chorar. Os psicólogos dizem que a ação de chorar da criança é a ação de vomitar. Sempre que uma tensão cresce dentro de uma criança, ela, ao chorar, atira para fora as suas tensões. Você foi uma criancinha. Uma criancinha está com fome e não estão lhe dando o leite na hora certa. É por isso que ela está chorando, é porque ela encheu-se de tensão. E isso é necessário para liberar a sua tensão para fora. Ela irá chorar, a tensão será liberada e ela se sentirá mais leve.

Mas nós ensinamos a criança a não chorar. Nós tentamos todas as maneiras para impedi-la de chorar. Nós colocamos brinquedos em suas mãos para que ela se esqueça; nós colocamos alguma coisa artificial em sua boca, ou colocamos o seu polegar em sua boca de modo que ela confunda isso com o seio de sua mãe e esqueça da fome. Nós começamos a balançá-lo para lá e para cá para que sua atenção se disperse e ela não chore. Nós tentamos tudo para não deixá-la chorar. Aquela tensão que poderia ter sido liberada pelo choro, não é liberada e vai sendo guardada. Desse jeito nós deixamos que isso vá se acumulando. Quem sabe quantas dores e angústias cada pessoa tem acumulado? Ela senta-se sobre essa coleção empilhada.

Quem sabe quantas tensões você acumulou? Você não tem chorado nem dado gargalhadas com seu coração totalmente presente. E porque você não chorou, alguma coisa ficou presa dentro de você. Você não tem ficado totalmente com raiva, nem tem perdoado completamente alguém. Você tornou-se uma pessoa pela metade. Os seus ramos querem se abrir mas eles não são capazes disto. As folhas querem brotar para todos os lados, mas elas não são capazes disto. A sua árvore ficou atrofiada. O nome dessa dor acumulada , dessa dor não liberada, é inferno. E você segue arrastando esse inferno ao seu redor.

Eu o chamei aqui para que o seu inferno possa ser jogado fora, e você pode jogá-lo fora. Neste Campo de Meditação você deve tornar-se como uma criancinha. Você deve esquecer que foi aculturado, que foi muito educado, que você ocupa uma posição elevada, que você conseguiu riquezas, que você é respeitado na cidade. Abandone tudo isso. Torne-se como um bebê recém-nascido, que não tem qualquer reputação, não tem educação, nem posição, nem riqueza, nem qualquer auto-respeito. Se você quiser salvar a sua estima, a sua posição, então, por favor saia daqui o mais rápido possível, e nem mesmo olhe para trás. Eu nada tenho a fazer com o você ou com o seu auto-respeito, conhecimentos, reputação. Para sua segurança, vá embora, não fique aqui.

Eu estou aqui para aqueles que são capazes de tornarem-se simples como uma criança, e somente assim eu posso fazer alguma coisa. Porque somente às crianças pode-se ensinar alguma coisa, somente as crianças podem ser mudadas, e uma revolução pode ocorrer apenas nas vidas das crianças.

Nos experimentos de meditação que acontecerão aqui, vomite, atire para fora todo sofrimento que você tiver em seu coração. Se você tiver raiva, atire-a para o céu, se você tiver violência, atire-a para o céu. Você não tem que ser violento com ninguém, simplesmente libere a violência para o céu aberto. Problemas, dores, culpas; qualquer coisa que estiver dentro tem que ser jogada para fora. Você tem que atirá-las tão totalmente quanto for possível. Use toda a sua energia de modo que qualquer problema que estiver dentro seja trazido a consciência.

Você deve compreender que enquanto você não ficar consciente da dor escondida no seu inconsciente, ela não o deixará, ela permanecerá escondida. Exponha-a, traga-a para a consciência. Puxe-a para fora, onde quer que ela esteja escondida na escuridão interna, traga-a para a luz.

Algumas coisas morrem com a luz. Se você puxar para fora da terra as raízes de uma árvore, elas morrerão. Elas necessitam da escuridão, elas vivem na escuridão, na escuridão está a vida delas. Assim como as raízes, o sofrimento também vive na escuridão. Exponha os seus sofrimentos e você descobrirá, eles morreram. Se você continuar escondendo-os dentro de si, eles irão permanecer seus companheiros constantes por muitas vidas. A infelicidade tem que ser expressada.

Compreenda uma coisa mais: foi de fora que você pegou as dores e as trouxe para dentro de si. Por favor, volte com elas para o lado de fora. A dor não é interna; todas as dores são trazidas do lado de fora.

Quando você nasceu, qual era a natureza do seu ser? Não havia dor: a dor foi trazida de fora. Se um homem o maltratou e fez você ficar infeliz, o maltrato foi trazido de fora. Agora, você irá acumular essa dor do lado de dentro, deixará que ela cresça, irá reprimi-la, assim ela se expandirá e envenenará toda e qualquer célula do seu corpo. Você se tornará um homem infeliz. Você traz a dor de fora. Ela não está em sua natureza. É por isso que eu lhe digo que você pode livrar-se da dor. Você não consegue se livrar da natureza, daquilo que é a fonte do sentir. Você pode livrar-se apenas daquilo que não é seu. Não há jeito de você livrar-se daquilo que é seu.

A dor tem que ser jogada fora. Durante esses próximos dias, quanto mais você puder jogar, jogue. E na medida em que você for jogando fora, irá crescer a sua compreensão que isso era uma loucura estranha que você estava cultivando. Isso poderia ter sido jogado fora naturalmente, estava em suas mãos, mas, desnecessariamente, você se bloqueou. E a segunda coisa: na medida que você joga fora a dor, que a envia de volta para fora, de onde ela veio, a alegria começa a brotar dentro de você.

A alegria está dentro. Ninguém a traz de fora. Ela não vem de fora, ela é a sua natureza, ela é você. Ela está escondida dentro, ela é a sua alma. Se for jogado fora esse lixo que veio de fora e que tem sido acumulado, então a alma interna começará a expandir, começará a crescer. Você começa a ver a sua luz e a ouvir a sua dança, você começa a mergulhar na música mais interna.

Mas isso só acontece se você liberar o lixo de modo que o céu interior possa se estabelecer, algum espaço criado. Então aquele espaço que está escondido dentro pode expandir-se.

A dor deve ser expressada para que aquela alegria possa expandir-se internamente. E quando a alegria começa a expandir-se, é necessário compreender também a segunda coisa. Se você reprimir a dor, ela cresce. Se a dor é reprimida ela cresce, se você a expressar, ela diminui. Com a alegria ocorre totalmente o oposto: se você reprimir a alegria, ela diminui; se você a expressar ela aumenta.

Assim, a primeira coisa é isso: que você tem que jogar fora a dor, porque ela diminui sendo expressada. Não a reprima, pois ela cresce com a repressão. E quando você tiver a primeira visão da alegria que vem de dentro, então expresse-a... porque quanto mais você expressar a alegria, mais ela aumenta internamente e camadas frescas começam a crescer.

Isso é exatamente igual, quando você fica tirando água de um poço: nova água de fontes frescas encherá o poço. A fonte da alegria está dentro, assim não tenha medo de que ela irá diminuir por você expressá-la. A dor fica reduzida ao expressá-la, porque a sua fonte não está dentro. Ela foi trazida de fora, assim se você a expressar, ela ficará reduzida.

Se você quiser enganchar-se na dor, então tenha isso em sua mente: nunca jogue-a fora. Se você quiser aumentar o seu sofrimento - e isso é o que você está fazendo e parece que muitas pessoas estão fazendo - então nunca expresse seu sofrimento, nunca manifeste-o. Se lágrimas estiverem jorrando, então engula-as, se você sentir raiva, reprima isso. Se qualquer problema estiver brotando internamente, reprima isso. Ele irá aumentar. Você se tornará um grande inferno.

Se você quiser reduzir a dor, então deixe-a acontecer; se você quiser aumentar a alegria, então deixe-a acontecer, porque a alegria está dentro e novas camadas continuarão se revelando. E na medida em que você segue deixando a alegria acontecer você começará a ter mais e mais vislumbres de pura alegria.

A alegria aumenta ao ser compartilhada.

A dor tem que ser liberada. E quando você começa a ter vislumbres de alegria, eles também têm que ser liberados. Você tem que se tornar como uma criancinha, que não tem qualquer preocupação a respeito do passado, nem qualquer questão a respeito do futuro, que nem mesmo sabe o que os outros estão pensando a seu respeito.

Somente então acontecerá aquilo para o que eu o chamei aqui, e aquela jornada na qual eu gostaria que você fosse bem suavemente. Um pouco de coragem é requerida, e então, os tesouros de alegria não estarão longe.

Um pouco de coragem é requerida e você poderá abandonar o seu inferno - exatamente como um homem que se sujou na rua e volta para casa para tomar um banho e a sujeira é lavada. Da mesma maneira, a meditação é o banho e a dor é a sujeira. Assim como depois do banho a sujeira foi lavada e você se sente fresco, da mesma forma você terá um vislumbre, sentindo dentro de si a felicidade e alegria que é a sua natureza."

enviado por Suraag
Related Posts with Thumbnails