domingo, 4 de agosto de 2013

RESPOSTAS NO SILÊNCIO



De 2 a 4 de Agosto de 2013: Lua em Câncer e Volta de Mercúrio.
Sarah Varcas


Este fim de semana nos oferece a oportunidade de voltar ao centro, respirar profundamente e recuperar um pouco da paz (ou dos pedaços de nós mesmos) que possamos ter perdido nos últimos dias.

O tema cósmico é a busca, mas de uma forma focalizada e intencional, não apenas sondando desesperadamente o terreno a procura de algum velho sinal de vida ou esperança, mas buscando o caminho mais direto para a paz e seguindo-o!

Nos próximos dias, teremos a chance de voltar para nós mesmos, libertarmo-nos das bagagens estranhas que possamos ter apanhado recentemente e relaxarmos por um momento.

É claro que isto nem sempre é fácil.
Às vezes podemos sentir que voltar para o centro exige de nós um esforço enorme!

Mas quando isto acontece, geralmente é porque estamos realmente fazendo mais esforço do que o necessário, e o próprio esforço nos impede de alcançar a paz. Outras vezes, temos que ficar retornando a todo momento, pois nossas mentes extremamente ativas e nossas emoções conflitantes assumem vida própria, arrastando-nos com elas!

Mas seja onde for que estejamos em relação ao nosso próprio centro, nesta semana temos a oportunidade de voltar a ele, relaxar e simplesmente ser por um tempo.

No dia 3 (às 4:31h GMT), a Lua entra no seu próprio signo – Câncer – unindo-se a Mercúrio, Marte e Júpiter e formando mais um Grande Trígono de Água! Sim, estamos inundados por eles nestes dias!!!

Mas a Lua, em seu próprio domicílio, nos traz conforto emocional e alento. Ela nos lembra que devemos ter calma conosco mesmos e com os outros; que a cura emocional leva tempo e paciência; e que transitar pela vida a nosso modo, através de coisas que nos ferem é um desafio geralmente subestimado!

Se não conseguimos superar nossas emoções num piscar de olhos, ou substituir um pensamento negativo por outro positivo, isto não significa que falhamos. Significa que estamos no meio de um processo profundo e contínuo que, ao se completar, terá limpado todos os recantos da nossa psique, não deixando nenhuma pedra sem ser revirada e nenhuma cura sem se realizar.

E ela também nos lembra que não estamos nas Olimpíadas da Evolução! Não estamos competindo para ver quem chega na reta final primeiro, quem está na frente de quem, quem está com melhor pontuação no placar da cura. Cada um de nós está simplesmente seguindo seu próprio caminho.

Companheirismo e apoio podem facilitar a jornada consideravelmente. Comparações e julgamentos só servem para torná-la mais lenta e colocar obstáculos desnecessários no caminho. Afinal de contas, não há nada a comparar.

No fim, somos todos um, respirando o mesmo ar, caminhando sobre a mesma terra, olhando para as mesmas estrelas. O que um de nós faz, é feito para todos, e o que um de nós cura, é curado em todos.

No dia 4 de agosto, Mercúrio volta ao grau de Câncer no qual se tornou retrógrado em 26 de junho. Com isto, ele nos apresenta a mesma escolha daquele momento: que caminho escolher e com quem caminhar?

A vida normalmente nos oferece mais de uma opção, e geralmente a melhor delas, a longo prazo, é a mais desafiadora no momento. Podemos temer por aquilo que poderíamos perder se desistirmos do caminho em que estamos para seguir outro mais atraente.

Ou podemos temer que a escolha que fizermos acabe por se voltar contra nós, quando já for tarde demais para desfazermos a decisão e recuperarmos o terreno perdido. E assim permanecemos imobilizados no presente, temendo o futuro e oprimidos pela necessidade de fazer uma escolha em relação a ele.

Mercúrio no diz que precisamos começar a fazer as escolhas que temos adiado. Desde o final de junho ele tem nos permitido rever relacionamentos e conexões, ligações emocionais e expectativas não declaradas. Mas, nas próximas semanas, precisamos decidir para onde iremos agora e, em seguida, nos comprometermos com essa direção.

Depois deste fim de semana no qual voltamos para o nosso centro, começaremos a caminhar sobre um solo novo e devemos fazer isto de um jeito novo, não regurgitando velhos pensamentos e comportamentos, rotinas e emoções, na esperança de que nos levem a um novo destino, de alguma forma. Velhos mapas nos levarão a velhos lugares; novos mapas nos levarão a lugares novos. É simples assim… e desafiador assim.

Então, descansemos em nosso centro neste fim de semana, voltando-nos para a nossa voz interior que sempre conhece a verdade da nossa situação.

Mercúrio nos pergunta: “Para onde, agora?” e podemos ouvir, no silêncio, a resposta que vem de dentro de nós, e que nos mostrará o cominho.

Aproveitem o silêncio (e as respostas).
E tenham um ótimo final de semana!

Sarah Varcas


http://stelalecocq.blogspot.com/2013/08/respostas-no-silencio.html
Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br
© Sarah Varcas. Todos os direitos reservados. É dada permissão para compartilhar livremente este artigo em sua totalidade, desde que seja dado todo crédito ao autor. E que seja citado o site onde este texto é oferecido gratuitamente.
Fonte: http://astro-awakenings.co.uk/2nd-to-4th-august-2013-moon-in-cancer-and-mercurys-return
Grata Vera!

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails