sábado, 28 de setembro de 2013

Teu medo de amar...


O teu medo de Amar, na verdade, é o teu medo da entrega.
É o medo de te revelares.
De te mostrares, sem máscara alguma afivelada ao rosto.
Talvez ainda não saibas que o Amor é a virtude dos fortes, e não dos fracos.
A aparente fragilidade do Cristo, ao amar-nos e era a sua fortaleza. Nunca, como no instante da cruz, Ele foi tão grandioso.
Não há maior debilidade que o medo, o criador de ilusões.
Quem ama nada teme, muito menos a morte, porque sabe que a morte é a maior de todas as entregas na Vida em plenitude.

Enviado por Gabriel

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails