quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Sinta o vento tocar teu rosto.


Espere um pouco, não desista agora.
Sei bem o que te apavora e visto daqui, de onde estou, tudo isso que divisas não parece ser tão grande assim...
Espere um pouco, sinta o vento tocar teu rosto, perceba a brisa acariciar-lhe os cabelos, escuta a voz que brota aos poucos dentro de você...
Eu tenho tanto para te dizer e você assim, tão presa, tão preso dentro de você mesma, parece não ouvir-me.
Espera só um instante...
Respira fundo, acalma teu coração e escuta !

Muitas vezes quando percebeste que teu grande sonho não poderia se realizar.
Quando teus amores eternos se esvairam.
Ou mesmo, quando o familiar querido passou do teu plano de vida para o nosso.
Eu estava lá... 
Eu te falei da grandeza de Deus.
Da proteção do pai para com todos os seres da criação.
Falei da importância da experiência para tua reforma íntima.
Calei-me ante tuas lágrimas... 
Ouvi a eclosão de idéias perturbadoras que saltaram de tua mente, em pura controvérsia ao ambiente em silêncio aterrador.

Espere um pouco, minha filha, meu filho. 
Gostaria de te dizer...
Que quando sorrias com teu filho, com tua filha. 
Que na hora da bonança e comida farta, eu também estive contigo.
Me felicitei ao ver teu sorriso quase pueril ao ver os presentes de natal.
Esperei na sala, enquanto tú vivias teus momentos de amor e intimidade.
Eu vi os pulos de alegria nos dias de calor e música alta.
Eu via você deitar e te esperava, e quando te desprendias da vigilância do corpo físico, eu aproveitava para te explicar as razões da vida na terra e suas dificuldades...

Espere, respire, se acalme, ore a Jesus !
Não chegaste até aqui?
Mesmo sem saber como. Não estais aqui, agora?
Alguém te guiou mesmo sem saberes, alguém tentou com todos os esforços te conduzir para o caminho do bem e da reforma moral.
Eu nunca desisti de você.
Eu nunca te abandonei.

A dor e sofrimento que experimentas agora passará. Assim como passou tua alegria de alguns dias.
Respire, eleve seu pensamento para Jesus e sinta...
Sinta o vento que toca teu rosto. 
Sou eu me fazendo mais próximo, buscando novos meios para te deixar mais segura, mais seguro. De te ajudar a aprender a caminhar com seus pés..

Eu nunca interferi em teu livre-arbítrio...
Como nunca desisti do meu, de tentar te fazer feliz. Divisando o mundo na sua real percepção.
Eu te amo! além das relações fortuitas e interesseiras da terra.
Eu te amo além das vidas...

E estou aqui para te dizer.
Não desista de você. Converse com Jesus. Ouça meu pensamento dentro do seu e ouse buscar a fé que adormece em sua alma.
Espere um pouco, sinta o vento tocar teu rosto, perceba a brisa acariciar-lhe os cabelos, escuta a voz que brota aos poucos dentro de você...
Sou eu, teu espírito protetor. Te acompanhando e te incentivando para encontrarmos juntos, um caminho mais luminoso rumo aos píncaros angelicais.
Espere, respire, se acalme, ore a Jesus !

Psicografia de Fernando Ben, de Fátima.


enviado por Maria Jacinta

terça-feira, 22 de outubro de 2013

MEDO DO MEDO


Osho

As pessoas vem a mim, e dizem: nós temos muito medo, o que devemos fazer?

Se eu der alguma coisa para fazer, elas vão fazer isso como um ser que está cheio de medo. Então a ação virá do seu medo. E a ação que vem do medo, não pode ser nada, a não ser medo. Então, por favor, não crie nenhum conflito. 

Se você tem um problema, não crie outro.

Fique com o primeiro.
Não lute e crie outro.

É mais fácil resolver um problema do que o outro. E o primeiro problema está perto da fonte. O segundo vai estar removido da fonte. E quanto mais afastado, mais impossível fica resolvê-lo. Se você tem medo, você tem medo. Porque criar um problema disso.

Assim, você sabe que você tem medo, assim como você sabe que você tem duas mãos. Porque criar um problema disso. Você tem apenas um nariz, e não dois. Porque criar um problema disso? 

O medo está lá.
Aceite-o, se dê conta dele, aceite-o e não se preocupe a respeito.

O que irá acontecer? Subitamente você vai sentir que ele desapareceu.
E esta é a alquimia interior.

Um problema desaparece se você o aceita.

E um problema aumenta mais e mais em complexidade se você criar um conflito com ele. Sim, o sofrimento está lá. E subitamente, o medo vem. Aceite-o. Ele está lá, e nada pode ser feito a respeito.

E quando eu digo que nada pode ser feito a respeito, não pense que eu estou falando de pessimismo à você. Quando eu digo que nada pode ser feito a respeito eu estou lhe dando uma chave para dissolver aquilo.

O sofrimento está lá. Ele é parte da vida e parte do crescimento. Nada é mal a respeito dele. O sofrimento se torna mal apenas quando ele é simplesmente destrutivo e não é nada criativo. O sofrimento se torna mal apenas, e nada é ganho através disso.

Mas eu estou dizendo a você, que o divino pode ser ganho através do sofrimento.
Então ele se torna criativo.

A escuridão é bela se a aurora vem dela rapidamente. A escuridão é perigosa se ela se torna interminável, se ela não leva à uma aurora, se ela simplesmente continua e continua.

E você continua se movendo em círculos.
Um círculo vicioso.

E é isso que está acontecendo com você.
Para escapar de um sofrimento, você cria outro.

Então, para escapar do outro, outro.
E isso vai indo e indo.

E todos esses sofrimentos que você não viveu estão esperando por você. Você escapou. Mas você escapa de um sofrimento para o próximo. Porque uma mente que estava criando sofrimento, pode criar outro sofrimento.

Então você pode escapar deste sofrimento para aquele.
Mas o sofrimento estará lá.
Porque o sofrimento é a força criativa.

Aceite o sofrimento e o atravesse.
Não escape.

Isso é uma dimensão totalmente diferente para se trabalhar.

O sofrimento está lá.
Encontre-o.
Atravesse-o.

O medo esta presente.
Aceite-o.

Você irá tremer.
Então trema.

Porque criar uma fachada de que você não tem medo?

Osho, A bird on the Wing, # 1

http://stelalecocq.blogspot.com/2013/10/osho-medo-do-medo.html

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

A REENCARNAÇÃO DA MÃE DE CHICO XAVIER




“O ano era 1997, numa terça-feira à noite. Quando chegamos para visitá-lo, ele contou-nos o seguinte caso:
- Hoje minha mãe me apareceu e disse-me:
- “Meu filho, após tantos anos de estudo no mundo espiritual estou-me formando assistente social. Venho me despedir e dizer que não mais vou aparecer a você”.
- Mas a senhora vai me abandonar?
- Não meu filho. Imagine você que seu pai precisa renascer e disse que só reencarna se eu vier como esposa dele. Fui falar com a Cidália, sua segunda mãe, que criou vocês com tanto carinho e jamais fez diferença entre os meus filhos e os dela. Ela contou-me que também precisa voltar à Terra. Então eu lhe disse:
- Cidália, você foi tão boa para meus filhos, fez tantos sacrifícios por eles, suportou tantas humilhações… Nunca me esqueci quando você disse ao João Cândido que só se casaria com ele se ele fosse buscar meus filhos que estavam espalhados por várias casas para que você os criasse. Desde minha decisão de voltar ao corpo, tenho refletido muito sobre tudo isso e venho perguntar-lhe se você aceitaria nascer como nossa primeira filha? Abraçamo-nos e choramos muito. Quando me despedi dela, perguntei-lhe:
- Cidália há alguma coisa que eu possa fazer por você quando for sua mãe?
Ela me disse:
- Dona Maria, eu sempre tive muita inclinação para a música e não pude me aproximar de um instrumento. Sempre amei o piano.
- Pois bem, minha filha. Vou imprimir no meu coração um desejo para que minha primeira filha venha com inclinação para a música. Jesus há de nos proporcionar a alegria de possuir um piano.
A essa altura da narrativa o Chico estava banhado em lágrimas e nós também. Mas continuou a falar de Dona Maria:
- Seu pai vai reencarnar em 1997. Vou ficar junto dele por aproximadamente três anos e renascerei nos primeiros meses do ano 2000.
- Mas a senhora já sofreu tanto e vai renascer para ser esposa e mãe novamente?
- São os sacrifícios do amor… Até um dia meu filho…
Neste momento, concluiu o Chico, também ela começou a chorar”.

Extraído do livro MOMENTOS COM CHICO XAVIER, de Adelino Silveira, ed. GEP

enviado por Maria Jacinta

domingo, 20 de outubro de 2013

MULHERES CURADORAS

Erveiras, raizeiras, benzedeiras, mulheres sábias que por muito tempo andaram sumidas, ou até mesmo escondidas. Hoje retornam com um diploma de pós-graduação nas mãos e um sorriso maroto nos lábios.

Seu saber mudou de nome. Chamam de terapia alternativa, medicina vibracional, fitoterapia, práticas complementares...são reconhecidas e respeitadas, tem seus consultórios e fazem palestras.

As mulheres curadoras fazem parte de um antigo arquétipo da humanidade.

Em todas as lendas e mitos, quando há alguém doente ou com dores, sempre aparece uma mulher idosa para oferecer um chazinho, fazer uma compressa, dar um conselho sábio.

Na verdade, a mulher idosa é um arquétipo da ‘curadora’, também chamada nos mitos de Grande Mãe.Não tem nada a ver com a idade cronológica, porque esse é um arquétipo comum a todas as mulheres que sentem o chamado para a criatividade, que se interessam por novos conhecimentos e estão sempre a procura de mais crescimento interno. Sua sabedoria é saber que somos “obras em andamento’, apesar do cansaço, dos tombos, das perdas que sofremos... a alma dessas mulheres é mais velha que o tempo, e seu espírito é eternamente jovem.Talvez seja por isso que, como disse Clarissa Pinkola, toda mulher parece com uma árvore.

Nas camadas mais profundas de sua alma ela abriga raízes vitais que puxam a energia das profundezas para cima, para nutrir suas folhas, flores e frutos.

Ninguém compreende de onde uma mulher retira tanta força, tanta esperança, tanta vida.

Mesmo quando são cortadas, tolhidas, retalhadas, de suas raízes ainda nascem brotos que vão trazer tudo de volta à vida outra vez.

Por isso entendem as mulheres de plantas que curam, dos ciclos da lua, das estações que vão e vem ao longo da roda do sol pelo céu.

Elas tem um pacto com essa fonte sábia e misteriosa que é a natureza,. Prova disso é que sempre se encontra mulheres nos bancos das salas de aula, prontas para aprender, para recomeçar, para ampliar sua visão interior.

Elas não param de voltar a crescer...

Nunca escrevem tratados sobre o que sabem, mas como sabem coisas! Hoje os cientistas descobrem o que nossas avós já diziam: as plantas têm consciência! Elas são capazes de entender e corresponder ao ambiente à sua volta. Converse com o “dente-de-leão” para ver... comunique-se com as plantas de seu jardim, com seus vasos, com suas ervas e raízes, o segredo é sempre o amor.

Minha mãe dizia que as árvores são passagens para os mundos místicos, e que suas raízes são como antenas que dão acesso aos mundos subterrâneos. Por isso ela mantinha em nossa casa algumas árvores que tinham tratamento especial. Uma delas era chamada de “árvore protetora da família”, e era vista como fonte de cura, de força e energia. Qualquer problema, corríamos para abraçá-la e pedir proteção.

O arquétipo de ‘curadora’ faz parte da essência do feminino, mesmo que seja vivenciado por um homem. Isso está aquém dos rótulos e definições de gênero.

Faz parte de conhecimentos ancestrais que foram conservados em nosso inconsciente coletivo. Perdemos a capacidade de olhar o mundo com encantamento, mas podemos reaprender isso prestando atenção nas lendas e nos mitos que ainda falam de realidades invisíveis que nos rodeiam.
Lembre-se: onde você colocar sua percepção e sua consciência, a energia vai atrás.

Mani Alvarez Coordenadora do curso de pós-graduação em Práticas Complementares em Saúde

enviado por Leise

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

A LEI DA ATRAÇÃO



Por Tom Sousa


A Lei da Atração busca em ti os estímulos necessários pra criar.
Jamais atua de forma autônoma ou independente.

Sempre foi, é e será, sempre tu a indicar o que deve surgir diante de ti em termos de realidade.

Jamais serás “observado” por tal força e receberás dela uma resposta discordante, uma manifestação diferente daquilo que predominantemente vibraste.

A LdA está o tempo todo atenta a ti, a cada desejo teu. Nada passa despercebido; nada é deixado de lado ou colocado em segundo plano pelo fato de que forças universais consideraram que mereceste algo distinto daquilo que emitiste em termos de desejo (sentimento).

Tens em tua posse, propriedade e absoluto controle uma força parceira e totalmente concordante com aquilo que tuas emoções indicam de Agora em Agora.

Da mesma forma, a Lei da Atração é totalmente desligada dos motivos que geraram tua forma desentir neste instante. Caso estejas vibrando bem ou mal por razão de algo que observaste ao teu redor Agora, ou se estás vibrando por algo que escolheste sentir apenas porque optaste que assim fosse, ela te responderá exatamente da mesma maneira transformando em tua realidade o que se passa dentro de ti, e apenas dentro de ti.

Assim sendo, por exemplo, reclamar seja lá do que for, ativa em ti que tipo de vibração? 
Isso é percebido e é exatamente o que será replicado. 

E quando escolhes uma atitude emocional de gratidão, de satisfação, que tipo de sinal sentes que emites? Pois este sinal é percebido e replicado em termos de realidade.

Aquilo que é real, que é concreto, que é palpável e mensurável; aquilo que é possível ou impossível será exatamente aquilo que estabeleceres dentro de ti que assim o é, sem nada a acrescentar ou retirar.

Tenhas a mais absoluta certeza de uma coisa: o que vês a tua volta não passa de resposta a um sinal emitido por ti e a ti minuciosamente devolvido. Se quiseres chamar de uma ilusão momentânea, que assim seja. 

Pra quem entende um mínimo do mínimo de Lei da Atração, apenas uma atitude é inconcebível: olhar em volta e sentir-se insatisfeito por achar que o que há é o que há e tá acabado.

Tua realidade se molda a ti, Criador! 

Não existe o menor limite pra isso. Basta que te proponhas a selecionar aquilo que achas que vale a pena ser sentido. Ao fazê-lo, estarás escolhendo aquilo que desejas ver manifestado. 

Não há vítimas natas.
Não há coitados natos.
Não há pobrezinhos.
Não há menos favorecidos.

Há, isso sim, aqueles que escolheram se posicionar emocionalmente como vítimas, coitados, pobrezinhos e menos favorecidos. Não há como a LdA não responder a essas vibrações. Seria como esperar que a lei da gravidade parasse de atuar dentro dos limites de atração gravitacional da Terra.

Criadores, o processo de criação intencional de realidades é de uma simplicidade que chega a causar graça. Quando optamos por sentir algo que não nos favorece, o que surge dentro de nós é algo tão grotesco que chega a dar vontade de se esconder debaixo da cama.

Assim sendo, não há como confundir as coisas, não há como misturar sentimentos, não há como “se enganar” e criar algo baseado num engano. Sabemos perfeitamente o que sentimos. A resposta física e emocional é instantânea. Berra em nós como uma daquelas sirenes de tsunami!

Sentiu? Te fez bem? Mantém! Cria! Usufrui do que criaste!

Sentiu? Não foi legal? Muda imediatamente teu foco interior!

E Agora?
Mudou pra algo que te fez sentir bem?
Ótimo! Agora sim! Mantém! Cria!

E usufrui com tesão daquilo que criaste porque quiseste!

Simples assim.

Se simplificar um pouquinho mais, vira em nada.

http://stelalecocq.blogspot.com/2013/10/a-lei-da-atracao-busca-em-ti-os.html

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

NÃO HÁ NENHUMA PARTE SUA QUE NÃO SEJA ESPIRITUAL



Mensagem de P’taah 
Através de Jani King
7 de Outubro de 2013.


Questionador: Quando estamos neste corpo físico, muito do Agora é ocupado com tarefas triviais, com coisas mundanas que não têm emoção, não têm nada de verdade ligadas a elas – desde a papelada, até o supermercado, as coisas que o nosso corpo necessita para se sustentar neste planeta. Por que este Agora é tão consumido por tantas trivialidades, quando há tanto trabalho melhor a ser feito?

P’taah: 

Ah, amado, entenda que há o julgamento sobre “melhor”. A verdade é que você irá se lembrar que dissemos que tudo isto é uma percepção, hum? Agora, vocês são seres espirituais grandiosos quando estão sentados em seu banheiro ou fazendo o supermercado, fazendo o amor e a guerra.

Não há nunca um momento em que não sejam mestres espirituais grandiosos, realmente.

Não há nenhuma parte de vocês que não seja espiritual!
Vocês são ainda espirituais quando estão fazendo a sua papelada, amado.
Trata-se de percepção.

Muitos seres maravilhosos nos dizem: “Mas, Ptaah, estou fazendo este trabalho mundano e realmente o que eu quero é estar fazendo o grandioso trabalho espiritual”. 

Trata-se de encontrar a alegria e o foco naquilo que você estiver fazendo.
Estar verdadeiramente presente.

Saiba que a vida é o que acontece a você enquanto você está muito ocupado, lamentando o seu passado e estando aterrorizado com o seu futuro!

(Risos)

Hum, isto faz sentido para você?

Questionador: Sim.

Trata-se de se tornar mais consciente de tudo o que você está fazendo e estar presente. 

E se não houver nenhum sentimento ligado a isto, esteja na alegria de “nenhuma grande sensação”.

Nunca há um momento em que simplesmente não sejam os seres espirituais mais maravilhosos, seja qual for a experiência que criem. E, no entanto, você percebe que é absolutamente válido, mas você pode ver a partir disto como as suas percepções realmente mudam a realidade, hum?

Questionador: Então o nosso propósito é apenas estar na alegria?

P’taah: Certamente. (Pausa). É!

Questionador: Este é o nosso único propósito?

P‘taah: Absolutamente.

(Risos)

Questionador: Isto parece tão adorável e fácil!

(Risos)

P’taah: É. Mas, mas também não se deve invalidar o que é a dor e a angústia, o medo e o tédio. Tudo isto é válido! Mas é observar para ver o que o cria – que percepção da realidade cria tudo isto. Muito frequentemente, quando você está entediado é porque você aprendeu tudo o que há a aprender sobre esta coisa particular. Então, é o momento de sair e fazer o que faz o seu coração cantar! Por quê? Porque quando o seu coração está cantando realmente, você está no Agora.

Questionador: Estamos todos aqui porque temos um desejo comum de melhorar e aprender mais e agradecemos a sua ajuda, mas há muitas outras pessoas que se dedicam mais ao seu corpo, em vez de seu espírito e mente. Minha pergunta é se existe qualquer produto material que poderia nos ajudar e também a outras pessoas a melhorar o seu equilíbrio entre o seu corpo, mente e espírito – algumas coisas materiais, tais como, sais minerais, vitaminas, ímãs, ou algo parecido?

P’taah: Dizemos isto a vocês que aquilo que é a encarnação é o reflexo absoluto de quem você é. Aquilo que é o físico é um reflexo da sua encarnação não material.

Quando você está na alegria, cada célula do seu corpo vibra com o conhecimento da alegria.
Quando você está neste espaço, pode descartar todos os seus suplementos.

Você pode renunciar a todos os seus julgamentos sobre o que coloca em sua boca para nutrir o seu corpo, porque a linha básica é que o seu corpo é nutrido pelo seu Ser, não pelo que você coloca em sua boca.

E observe como você se sente seguro em seu mundo.

O que você acha que são as alergias e isto que não está sendo seguro?
É claro que deve haver um equilíbrio – corpo, mente e espírito.

Mas a sua encarnação, realmente, é para honrá-lo, com certeza. Seu corpo é sagrado! Cada célula deve a sua existência à luz da Divindade. Como você trata o seu corpo é muito indicativo de como você se sente sobre quem você é. O que você acredita sobre quem você é.

Quando você está na alegria, quando está apaixonado por quem você é, seu corpo não precisa de mais nada.

Quando você está no reconhecimento que quem você é, certamente é a Expressão Eterna e Perfeita da Fonte, quando você está no conhecimento desta verdade, então o seu corpo brilha com esta verdade, também. Não pode ser de outra maneira.

Eu o amo absolutamente. Eu o amo eternamente, porque você é realmente um grandioso e maravilhoso reflexo da beleza, do poder da Expressão Perfeita e Eterna da Criação que você é. Cada um é belo.

Meu desejo é que vocês venham a saber quem são vocês.
Meu desejo é que vejam com os meus olhos, com a minha sabedoria.

Meu desejo é que estejam em reverência diante da magnificência que vocês são, como Eu Sou.

Nós lhes agradecemos por serem os maravilhosos reflexos que são com aquilo que Eu Sou e afirmo que, de fato, é uma grande honra vir para lhes ser útil desta forma. Eu os amo para sempre, eternamente e lhes agradeço.

Assim, até o próximo Agora, meus amados.

E saibam que vocês nos convidaram para o seu coração, que é onde nós residimos – não separados, nem nunca separados.

Namastê.

P’taah

http://stelalecocq.blogspot.com/2013/10/ptaah-nao-ha-nenhuma-parte-sua-que-nao.html
www.Ptaah.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Poder divino

Hoje, farei do meu dia a oportunidade de execução do meu poder divino. E todas as vezes que me sentir feliz, saberei, naquele segundo, que me conectei à minha verdadeira força e que naquele momento Eu Sou Um com Deus e posso simplesmente tudo. Então, ao invés de correr atrás das coisas, vou correr atrás desta sensação, pois quando a vivo, estou na vibração de "ter" todas as coisas. E que assim seja.

Desconheço a autoria

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Novo curso de Estudos do Campo de Energia II, módulo I



Veja http://eceii.blogspot.com

Novo curso, nova turma, nova vida cheia de possibilidades! Baseado na obra de Barbara Brennan: Mãos de Luz e Luz Emergente, e em minha experiência com cura e o campo de energia.

Começo dia 28 de setembro de 2013, sábado de 9:00 as 12:00 horas!

Encontros aos sábados, quinzenalmente, nas manhãs de 9:00 ao meio-dia:
  • Setembro, dia 28 
  • Outubro, dias 12 e 26 
  • Novembro, dias 9 e 23 
  • Dezembro, dia 7 
Local: Park Way, ao lado do antigo balão do aeroporto, em meio a um jardim.

Valor: três cheques no valor de de 180 reais para os dias 28 de setembro, 28 de outubro e 28 de novembro. Caso você não possa mais comparecer às aulas por qualquer motivo, os cheques que ainda não foram depositados lhe serão devolvidos. Aula avulsa no valor de 120 reais, preço especial para antigos alunos de 80 reais.

Duração do curso de aproximadamente dois anos, ou cerca de 42 aulas. Um módulo por semestre, no total de 5 módulos.

Conteúdo: Compreensão e percepção da aura; leitura dos chakras com pêndulo; dimensões de energia; nível de intencionalidade; estrela do âmago; estudo dos tipos de defesa de caráter; reações e interações áuricas; camadas da personalidade (ego, sombra, eu superior, criança ferida, máscara); cura e perdão; xamanismo; e muito, muito mais sobre energia e cura!

Todas as aula são práticas e vivenciais, com meditações, música e exercícios. Nelas você vai ter uma compreensão prática de como funcionamos no nível energético, aprofundará seu auto-conhecimento, reconhecerá sua percepção extra-sensorial e caminhará em direção a sua própria cura, podendo também tornar-se um curador (lembrando que somos facilitadores de cura, pois a cura propriamente dita, pertence a cada um).

Mínimo de 12 alunos para o início do curso, entre em contato em analiliamventura@gmail.com ! Acompanhe-nos neste blog!

Para a primeira aula: Percepção e limpeza da aura.

Ana Liliam é formada em arquitetura, é escritora, facilitadora de cura, mestre Reiki, Magnified e Light Healing; estudou durante 3 anos a obra de Barbara Brennan com Célia Vaz e Célia Burgos (alunas diretas de Barbara); é praticante certificada nível III da Cura Reconectiva e A Reconexão em seminários de Eric Pearl.

Entre em contato: analiliamventura@gmail.com

MENSAGEM DOS ANJOS - COMPAIXÃO E AMOR



com Ann Albers
22 de Setembro de 2013

Meus amigos, nós os amamos muito.

Sem exceção, cada coração humano procura ser percebido, reconhecido e amado. Cada coração quer que o mundo alivie as suas dores, veja a sua bondade e comemore as suas expressões. Cada ato de bondade e cada aparente ato de violência, origina-se do desejo do coração de ser visto.

Aqueles que causam estragos em seu mundo e em suas vidas estão clamando em desespero:“Veja a minha dor. Reconheça o meu coração ferido.”

Aqueles que expressam firmemente os seus pontos de vista estão dizendo: “Por favor, reconheçam que eu tenho algo de valor para contribuir com este mundo.” 

Aqueles que argumentam com vocês, estão dizendo: “Por favor, digam-me que a minha opinião tem valor.”

E da mesma forma, por trás de todos os conflitos, por trás de todas as tristes histórias, está um coração buscando a validação, reconhecimento e amor.

Assim, quando vocês verem histórias tristes em seu noticiário, ou quando se encontrarem com indivíduos mal humorados em suas próprias vidas, em vez de pensarem para si mesmos: “Eles são terríveis! Eu não posso suportá-los!”, digam: “Eu prefiro não ficar perto deles, mas deixem-me lhes enviar amor. Deixem-me reconhecer a sua dor, silenciosamente, em meu próprio coração. Deixem-me enviar a energia da compaixão para eles”.

Como sempre, não estamos nunca sugerindo que vocês deveriam permanecer perto de comportamentos abusivos ou indelicados, mas estamos dizendo que as almas que cometem estes atos precisam de amor, preces e compaixão... pelo menos nos recessos de seus próprios corações.

Façam o melhor possível para evitar cair na necessidade do mundo de odiar, julgar e rotular as almas feridas.

Em vez disto, digam: 

“Eles são feitos da mesma luz que eu. Eles apenas se esqueceram. Irei orar pela sua elevação. Rogarei para que eles se lembrem quem eles são. Pedirei para que algum dia eles conheçam este amor maravilhoso dentro dos seus próprios corações, de modo que não mais sintam a necessidade de prejudicar outros.”


E, então, queridos, prossigam em seu dia feliz, sabendo que vocês plantaram sementes de amor e de bondade no âmago da dor de alguém.

Vocês são luzes neste mundo e estamos muito gratos por cada um de vocês.

Deus os abençoe!
Nós os amamos muito.

Os Anjos

http://stelalecocq.blogspot.com/2013/09/mensagem-dos-anjos-compaixao-e-amor.html
www.visionsofheaven.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Related Posts with Thumbnails